Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruyff critica implementação de novo patrocínio na camisa do Barcelona

Clube catalão quebrou tradição centenária ao anunciar contrato com ONG do Catar por 30 milhões de euros anuais

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882592902&_c_=MiGComponente_C

Eterno ídolo do Barcelona, o holandês Johan Cruyff criticou o atual presidente do clube, Sandro Rossell, pela decisão de aceitar estampar um novo patrocínio na camisa do time. A equipe divulgou na última semana um contrato milionário com uma Organização Não-Governamental do Catar. Para o ex-jogador, o acordo não era necessário, pois com ele o clube só conseguiria pagar uma pequena parte de sua dívida, que ultrapassa os 440 milhões de euros.

AFP
Logo da Unicef perderá espaço para entrada de ONG do Catar na camisa do Barcelona

"É um clube único no mundo, ninguém manteve sua camisa intacta por toda sua história. E você vai trocar isso por um acordo que irá cobrir apenas 6 ou 7 % de seu orçamento?", reclamou o lendário ex-jogador de Barcelona, Ajax e seleção holandesa, que seguiu criticando a medida.

O time catalão realizou um acordo em que receberá 30 milhões de euros por temporada durante cinco anos, em cifras que superaram os valores acordados pelos patrocínios do rival Real Madrid. A medida, no entanto, não agradou Cruyff, que acha que o time deveria manter apenas a marca da Unicef pelo caráter beneficente da publicidade.

"Entendo que assim você só perde uma característica singular do clube, dá um grande passo atrás, passa a ser vulgar como todos. Vendendo a camisa, eles mostram que são muito pouco criativos", reclamou, ironizando Rossell ao comentar o acordo com a atual marca que estampa a camisa catalã, a Unicef.

"O que o Barça paga para estampar o logo da Unicef na sua camisa? Um milhão e meio (de euros) por ano? Se estão tão mal das pernas, retirem esse também. Fora Unicef, fora todos os valores que isso representa e esqueça do laço que está tentando fazer entre sua camisa e os fãs", repreendeu.

Leia tudo sobre: espanhaespanhol 2010futebol internacional

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG