Já não é mais que um clube, é um clube a mais - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruyff critica Barcelona: Já não é mais que um clube, é um clube a mais

Holandês criticou acordo com empresa para estampar marca na camisa do clube pela primeira vez na história

EFE |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882748817&_c_=MiGComponente_C

O ex-jogador holandês Johan Cruyff criticou nesta quarta-feira o acordo comercial para que a Qatar Foundation estampe sua logomarca na camisa do Barcelona, pelo qual o clube catalão receberá 165 milhões de euros (aproximadamente R$ 372,5 milhões) em seis anos.

"Depois disto acho que o Barcelona deixa de ser mais que um clube e passa a ser um clube a mais. Fizemos uma manobra bastante ruim no aspecto social. É uma equivocação enorme mudar quando o clube é o melhor do mundo, com jogadores humildes, que não são chulos, mas gente muito boa para estender a filosofia do clube ao planeta", declarou.

Cruyff, que foi jogador e técnico do Barcelona, também não aceitou que se fundamente a publicidade na dívida do clube, tal como fez a atual diretoria: "Há outras vias antes de manchar a camisa. Não vejo nenhuma necessidade porque há outras coisas que poderiam ser feitas para melhorar essa situação econômica".

O holandês defendeu sua mudança de opinião sobre o patrocínio, após se posicionar a favor de estampar a marca da Unicef: "Se em cinco anos você não melhora inteligentemente, você está parado. Não sou tolo, e me demonstraram que nessa época eu tinha a vista mais curta. Só os muito tolos não mudam de opinião se o outro tem razão".

Leia tudo sobre: barcelonaespanhafutebol internacional

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG