Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cronograma oficial prevê Fielzão 100% pronto só no meio do Mundial

De acordo com planejamento, toque final no estádio será dado em julho de 2014, com a Copa do Mundo já iniciada

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O cronograma oficial das obras do estádio do Corinthians em Itaquera prevê que os últimos retoques para a conclusão da arena serão dados apenas no dia 4 de julho de 2014, 23 dias depois do início da Copa do Mundo no Brasil . O iG teve acesso ao cronograma feito pela Odebrecht no último dia 24 de agosto.

Guilherme Tosetto
No pé do cronograma, a data da última ação no estádio, o mobiliário, em 4 de julho de 2014

O cronograma aponta o início das obras em 23 de maio de 2011, data em que foi feito o contrato para a primeira etapa da terraplenagem, e aponta o término para 4 de julho de 2014. Nessa data, de acordo com o cronograma, será encerrado mobiliário do estádio. O cronograma está na sala de reunião da empresa montada no antigo prédio das categorias de base ao lado do canteiro de obras em Itaquera.

Veja mais notícias sobre a Copa 2014

"Essa data aí é para colocar a cadeira da imprensa, a mobília. É a cadeira, ou alguma coisa assim. Isso nem é atividade da Odebrecht", disse Frederico Barbosa, gerente operacional da construtora. "As obras vão terminar em 31 de dezembro de 2013", completou, apontando para o próprio cronograma . A Odebrecht, em um hot site recentemente lançado para o acompanhamento do projeto, aponta que o estádio ficará pronto em fevereiro de 2014 , prazo limite dado pela Fifa.

O cronograma da Odebrecht, contudo, traz uma data importante de conclusão que vai além de fevereiro. As áreas de hospitalidade para receber os torcedores. que serão instaladas nas três áreas de estacionamento do estádio, têm como data de entrega o dia 25 de abril de 2014, um mês e meio antes da abertura.

"Está aí dia 25 (de abril), mas vamos fazer tudo para que fique pronto tudo junto, dia 31 de dezembro de 2013", disse Barbosa. Em relação às arquibancadas móveis, necessárias para adaptar o estádio às exigências da Fifa de ampliação de capacidade de 48 mil para 65 mil lugares, a responsabilidade é de outra empresa, a suíça Nussli, indicada pela Fifa. Elas custarão R$ 46,6 milhões aos cofres públicos . A Nussli fez a ampliação da capacidade do estádio da Cidade do Cabo, na África do Sul, para a Copa de 2010. De acordo com a Fifa, elas estarão instaladas até 31 de dezembro de 2013, juntamente com o encerramento das obras.

A Odebrecht minimiza as datas apertadas do seu cronograma. Barbosa diz que o mais importante é a avaliação da Fifa para o andamento das obras. No último dia 26, Charles Botta, consultor da Fifa, esteve em Itaquera e avaliou como positivo o andamento das obras . "Ele nos disse que estava 'more than happy', mais do que feliz. Isso é que realmente interessa e nos deixa felizes também", disse Barbosa.

Guilherme Tosetto
No pé do cronograma, a data da última ação no estádio, o mobiliário, em 4 de julho de 2014

Leia tudo sobre: corinthianscopa 2014

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG