Tamanho do texto

Treinador admite que não esperava chegar aos quatro gols depois que o Universitario fez 2 a 1

Alecsandro fez o gol que decretou a classificação do Vasco para as semifinais
AP
Alecsandro fez o gol que decretou a classificação do Vasco para as semifinais
A vitória do Vasco sobre o Universitario (5 a 2) , da maneira como de se deu - depois de estar perdendo por 2 a 1 -, lavou a alma dos jogadores. Quem avisa é o técnico Cristóvão Borges, que já projeta este resultado que classifica o time na Sul-Americana para os jogos do Campeonato Brasileiro .

Vasco é vice-líder no Brasileirão. Veja como está a tabela

O time estava há três partidas sem vencer e, segundo o treinador, tinha perdido o "jeito de jogar". Depois de cobrar mais atitude do grupo na reapresentação de segunda-feira, Cristóvão disse que a chacoalhada funcionou. Agora, a confiança está de volta no momento em que a equipe terá um desafio mais imporante que o outro até o fim do ano.

VEJA TAMBÉM: Ricardo Gomes nem pensa em adiar data do retorno

"Vimos o resgate da alma desse grupo. Só com isso se consegue ganhar", frisou Cristóvão. "Em alguns jogos, a gente teve isso de uma maneira menor. Eles entenderam isso. Sair daqui com esta vitória, depois de um jogo desse com fortes emoções, é tudo o que a gente precisava", completou o técnico.

Quando o time peruano fez 2 a 1, Cristóvão admitiu que não imagina a virada heroica. Do banco de reserva, ele só queria que o time criasse alternativas que possibilitasse chegar aos gols.

Siga o Twitter do iG Vasco e receba notícias do time em tempo real

"Sinceramente, não pensei na virada, nos quatro gols. Achava que não dava. imaginava de que maneira a equipe ia buscar formas de reagir e virar", comentou o treinador.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e comente a vitória na Sul-Americana