Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cristiano Ronaldo terá que depor em caso de prostituição de menor

Português é citado em lista de testemunhas no processo contra o ex-primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi

Gazeta |

Getty Images
Cristiano Ronaldo é acusado de ter pago para ter relações com marroquina de 17 anos
O atacante Cristiano Ronaldo se envolveu em mais uma polêmica nesta quarta-feira e agora terá que responder à Justiça italiana sobre um caso envolvendo prostituição de menores. O jogador apareceu em uma lista de 214 testemunhas que deverão prestar depoimento em um processo movido contra o ex-primeiro-ministro da Itália e dono do Milan , Silvio Berlusconi.

O proprietário do time rossonero foi acusado de ter mantido relações sexuais com uma garota marroquina, chamada Karima El Mahroug, conhecida como Ruby, quando esta tinha 17 anos. Berlusconi também terá que responder por abuso de poder em outra situação envolvendo a menina, que tinha sido presa por roubo na época.

Em meio a atores famosos, como George Clooney, e políticos, Cristiano Ronaldo precisará explicar uma acusação da garota diante dos juízes. Segundo Ruby, o português pagou quatro mil euros (cerca de R$ 10 mil) para dormir com ela, o que terá de ser confirmado pelo jogador para o júri avaliar se a garota é confiável.

A expectativa dos defensores de Berlusconi é que os envolvidos no processo confirmem que as festas dadas pelo político não tinham a presença de prostitutas. Enquanto isso, as autoridades tentam comprovar se a garota é, de fato, neta do ex-presidente do Egito, Hosni Mubarak, que também foi deposto esse ano.

Leia tudo sobre: futebol mundialespanhareal madridcristiano ronaldo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG