Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cristiano Ronaldo será indenizado por jornal britânico por falsa informação

Daily Telegraph publicou há dois anos notícia sobre suposta saída do então jogador do Manchester United a casa noturna de Hollywood quando ainda estava contundido

EFE |

O jornal britânico "Daily Telegraph" aceitou nesta segunda-feira recompensar economicamente o atacante português Cristiano Ronaldo por afirmar em julho de 2008 que o atleta estava levando uma vida desregrada durante um período de recuperação de uma lesão no tornozelo, o que não foi comprovado.

O advogado do jogador do Real Madrid, Allan Dunlavy, explicou que o periódico havia admitido que as acusações eram falsas, se desculpou pelo ocorrido e chegou a um acordo para indenizar Cristiano Ronaldo e arcar com os custos legais de todo o processo.

O "Daily Telegraph" publicou há mais de dois anos uma informação sobre uma suposta saída do então jogador do Manchester United a uma casa noturna de Hollywood quando ainda estava contundido. A matéria afirmava que o atleta inclusive deixou as muletas de lado para ir à pista junto com quatro modelos.

Em nome de Ronaldo, Dunlavy disse perante o juiz que as informações representaram "uma ofensa e uma vergonha" para o português e acrescentou que, como profissional, o atacante ficou muito preocupado com sua reputação e como aquilo poderia ser recebido no clube inglês pelo técnico da equipe, Alex Ferguson, e pela torcida.

Cristiano Ronaldo não compareceu ao Alto Tribunal de Londres no momento do anúncio das confissões do jornal do Reino Unido, mas está previsto que se apresente amanhã, antes de o caso ser encerrado.

Leia tudo sobre: espanhafutebol internacionalinglaterra

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG