Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cristiano Ronaldo é o maior goleador europeu dos últimos 40 anos

Com 40 gols, português é o maior artilheiro das cinco principais ligas europeias junto com Gerd Müller, ex-Bayern de Munique

iG São Paulo |

Nos últimos 40 anos, nenhum jogador foi mais eficiente que Cristiano Ronaldo nas cinco principais ligas do futebol europeu, o que inclui os campeonatos alemão, espanhol, francês, inglês e italiano. Os 40 gols marcados com a camisa do Real Madrid no Espanhol garantiram ao português, além do troféu Chuteira de Ouro, cedido ao maior goleador das ligas nacionais, um lugar na história.

O português fez 40 gols na temporada 2010/11 e igualou o feito de Gerd Müller pelo Bayern de Munique, na temporada 1971/72. Neste intervalo de tempo, nem mesmo Van Basten, Ronaldo Fenômeno e tantos craques passaram pelas principais ligas europeias igualaram o desempenho do português, que totaliza 53 gols oficiais, incluindo os tentos anotados em outras competições. Cristiano Ronaldo é, ainda o primeiro a vencer o prêmio jogando por duas ligas diferentes, pois havia vencido no Manchester United , em 2007/08, com 31 gols.

Logo atrás de Cristiano Ronaldo e Gerd Müller aparecem três atletas do futebol espanhol: o mexicano Hugo Sanchéz, com 38 gols na temporada 1989-90, pelo Real Madrid, além de Ronaldo, em 1996/97, e do argentino Messi , em 2009/10, ambos com 34 gols pelo Barcelona.

Até 1996, o vencedor da Chuteira de Ouro era o maior goleador das ligas nacionais, não importando o país. A partir de então a dificuldade da liga passou a entrar na conta e os gols nas cinco principais ligas passaram a ser multiplicados por 2, e, nas 21 seguintes, por 1,5. Considerando apenas o novo sistema, Cristiano Ronaldo ainda lidera, com 80 pontos, seguido por Messi e o Fenômeno com 68. Diego Forlán , pelo Atlético de Madri, em 2008/09 aparece logo após com 32 gols e 64 pontos, seguido de Jardel, pelo Sporting de Lisboa em 2001/02, com 42 gols, mas apenas 63 pontos. 

Leia tudo sobre: futebol mundialespanhareal madridcristiano ronaldo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG