Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cristian revela desejo de voltar ao Corinthians, mas nega contato

A situação aqui está complicada, porque todo dia sai no jornal que eu vou para o Corinthians, disse o volante

Gazeta Esportiva |

O volante Cristian é um dos ídolos da torcida do Corinthians. O jogador, atualmente no Fenerbahce, da Turquia, afirmou que deseja voltar ao clube paulista para disputar a Copa Libertadores da América do próximo ano. Entretanto, ele negou que tenha iniciado qualquer tipo de negociação para retornar ao Timão.

Segundo o jogador, sua situação não está boa no clube turco. "A situação aqui está complicada, porque todo dia sai no jornal que eu vou para o Corinthians. Já falei para o meu empresário o que eu quero. Espero que saia logo uma decisão", revelou o jogador, em entrevista à Rádio Globo.

Cristian confirmou que duas equipes do futebol brasileiro o procuraram, mas nenhuma delas foi o Corinthians. "Dois clubes me procuraram, mas só perguntaram como está a minha situação. Já deixei claro que a minha preferência é o Corinthians. O Corinthians foi tudo para mim. Queria disputar uma Libertadores e ser campeão pelo clube. É uma vontade minha", garantiu.

Durante o Troféu Mesa Redonda, o presidente do alvinegro, Andrés Sanchez, afirmou que gostaria de ter o jogador, apesar de não ter falado com ele. "Não estou negociando com o Cristian. Nunca falei com o Fenerbahce sobre isso, mas que time no Brasil não queria ter o Cristian? Mas querer é uma coisa, poder é outra", comentou.

O volante afirmou, entretanto, que chegou a conversar com Mário Gobbi Filho, diretor que se afastou do Timão no início desta semana. "Não falei com o Andrés. A única pessoa que eu cheguei a falar há um tempo atrás foi o Gobbi, que fiquei sabendo que não faz mais parte. A gente sempre falava sobre outros assuntos. Eu ligava para os jogadores, funcionários, para conversar sobre a possibilidade de ser campeão brasileiro. Na verdade, ninguém me procurou", declarou.

Apesar de ser considerado caro, Cristian afirmou que o seu salário não seria empecilho para voltar ao Timão. "Esse papo de salário não vem ao caso. Tem pessoas que dizem que eu não quero voltar por causa do salário. Isso não tem nada a ver", garantiu.

Leia tudo sobre: corinthiansfutebol internacionalturquia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG