Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Crise fora de campo atinge o time e Cruzeiro perde na estreia

Mesmo jogando diante de sua torcida, o time celeste jogou mal e foi derrotado pelo Guarani, de Divinópolis

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

Definitivamente o começo de 2012 não tem sido bom para o Cruzeiro . As confusões extra-campo parecem refletir dentro dele. Mesmo com um mês de preparação para estrear no Campeonato Mineiro a equipe de Vágner Mancini pouco mostrou e foi derrotado pelo Guarani, por 1 a 0, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, gol do atacante Magalhães.

Veja também: Confira a classificação atualizada do Campeonato Mineiro

Além da derrota, os quatro mil pagantes que estiveram no estádio ficaram preocupados com a fraca exibição da equipe celeste. Considerando o amistoso com o América-MG, já são duas derrotas na temporada, o que faz o ano começar com o sinal amarelo ligado na Toca da Raposa. Agora, Mancini vai ter mais uma semana para tentar acertar o time do Cruzeiro, que volta a campo no próximo domingo, contra a Caldense, mais uma vez na Arena do Jacaré.

O jogo

Apesar da derrota, o Cruzeiro começou melhor e criou as primeiras oportunidades. Como em 2011, Montillo era a única alternativa de jogada. Tanto que ele teve participação nos principais lances, primeiro quando passou para Anselmo Ramon, que girou e chutou por cima do gol. Depois quando completou de letra um cruzamento de Diego Renan, mas o goleiro Thiago Régis fez boa defesa.

Mas o bom momento do Cruzeiro não durou mais do que 15 minutos. A partir de então o Guarani, um time recheado de jogadores experientes, passou a tocar a bola e se impor como o time técnico em campo. E foi assim que saiu o único gol da partida. Walter Minhoca e Luizinho, dois jogadores que passaram por grandes clubes, fizeram ótima jogada e Magalhões completou para o gol vazio.

O Cruzeiro ainda criou duas oportunidades para empatar no primeiro tempo, sempre com Montillo. Mas com o Guarani bem fechado, o camisa 10 teve de chutar duas vezes de fora da área. Na primeira o goleiro defendeu e na segunda, a mais perigosa, a bola subiu demais. Depois do desempenho ruim na etapa inicial, se esperava um Cruzeiro mais aguerrido, mas foi o contrário.

A equipe celeste conseguiu fazer um segundo tempo ainda pior. Tanto que praticamente não criou oportunidades. Até mesmo o meia Montillo esteve sumido no segundo tempo. Destaque apenas para o número de cartões amarelos, foram 12, sendo seis para cada lado. As chances, no entanto, foram apenas três.

Victorino de cabeça e Luizinho contra, quase empataram para o Cruzeiro, enquanto Diego só não ampliou por conta do goleiro Rafael, que teve uma saída de gol precisa. No fim, o resultado de 1 a 0 foi merecido pelo o que as duas equipes apresentaram. Depois de um 2011 ruim, começar 2012 com derrota apenas aumenta a preocupação do torcedor, que vaiou e sabe que Vágner Mancini tem muito o que fazer para arrumar o time.

FICHA TÉCNICA – CRUZEIRO 0 X 1 GUARANI
Local:
Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 5 de fevereiro de 2012, no domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Renda: R$ 85.033,00
Público: 4.825 pagantes
Árbitro: Átila Carneiro Magalhães (FMF)
Assistentes: Janette Mara Arcanjo e Pablo Almeida Costa (ambos da FMF)
Cartões Amarelos: Marcelo Oliveira, Wellington Paulista, Diego Renan, Wallyson, Léo e Leandro Guerreiro (CRU); Tita, Michel, Magalhães , Luizinho, Walter Minhoca e Carlinhos (GUA)

GOLS: GUARANI: Magalhães, aos 29 minutos do primeiro tempo

CRUZEIRO: Rafael; Diego Renan, Léo, Victorino e Gilson (Marcos); Leandro Guerreiro, Amaral (Wallyson), Marcelo Oliveira e Montillo; Anselmo Ramon e Wellington Paulista (Bobô).
Técnico: Vágner Mancini.

GUARANI: Thiago Régis; Luizinho, Márcio Santos, Bruno Maia e Tita (Carlinhos); André, Michel, Léo Medeiros (Cafu) e Walter Minhoca (Laércio); Magalhães e Diego Chibanca.
Técnico: Gian Rodrigues.

Leia tudo sobre: Campeonato Mineiro 2012CruzeiroGuarani-MG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG