Escola na Argentina foi criada por antigo presidente do clube. Atual direção já ameaçou fechá-la

Um dos clubes mais ricos do mundo, o Barcelona não passa ileso pela crise econômica que atinge a Espanha. Apesar do sucesso nos gramados, a equipe tem problemas para fechar as contas e, desde o ano passado, passa por um programa de corte de despesas.

Segundo a imprensa espanhola, o FC Barcelona Juniors Luján que o clube catalão mantém na Argentina , corre risco de ser extinto. Por ano o Barça investe cerca de um milhão de euros na escola (R$ 2,3 milhões). O projeto existe desde 2007 e foi criado na gestão do ex-presidente Joan Laporta, que deixou o cargo no meio do ano passado, substituído pelo seu opositor Sandro Rosell.

Os administradores da escola na Argentina não comentam a ameaça de extinção do projeto. Segundo eles, a escola, localizada na periferia da capital Buenos Aires, seguirá contando com apoio do clube catalão.

Cerca de 40 adolescentes moram nas instalações do Barça em San Justo, periferia de Buenos Aires
Paulo Passos
Cerca de 40 adolescentes moram nas instalações do Barça em San Justo, periferia de Buenos Aires

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.