Time catarinense se recuperou contra o lanterna, que chegou a perder um pênalti durante o jogo

Após três rodadas sem vencer, o Criciúma teve o adversário mais indicado para todos que buscam a recuperação na segunda divisão do futebol nacional. O time reencontrou o caminho da vitória nesta sexta-feira, após bater por 2 a 0 o Duque de Caxias , lanterna da competição, em jogo válido pela 21ª rodada da Série B do Brasileiro.

O resultado positivo veio graças aos gols do capitão Rogélio e do meia Baraka, garantindo o sexto lugar ao time de Santa Catarina, com 31 pontos. Já o time da Baixada Fluminense, que chegou a perder um pênalti com Santiago, segue seu calvário na luta contra a queda à Série C e permanece com apenas nove pontos.

Na próxima rodada, o Criciúma vai até Pernambuco encarar o Náutico. Já o Duque de Caxias jogará em casa contra o Salgueiro, rival direto na luta contra o rebaixamento. As duas partidas acontecerão no sábado, dia 10.

Criciúma conseguiu encarar tranquilamente o Duque de Caxias
Futura Press
Criciúma conseguiu encarar tranquilamente o Duque de Caxias

O jogo
Precisando do resultado positivo de qualquer maneira, o Duque de Caxias foi para cima do Criciúma no início de jogo, mas a equipe local equilibrou a partida a partir dos 10 minutos. O meia Marcel chegou a marcar um gol para o Criciúma, mas estava em posição de impedimento e o lance foi anulado pelo árbitro.

Com 70% de posse de bola, o Criciúma se mostrou mais incisivo no final da primeira etapa, mas pecava no toque final. Aloísio e Breitner eram os mais perigosos da equipe e infernizavam a zaga da equipe da Baixada Fluminense. Já o meia Tony, do Duque de Caxias, fez o goleiro Andrey trabalhar bastante.

O segundo tempo começou equilibrado com as duas equipes buscando abrir o marcador. Mostrando cansaço, o Duque de Caxias recuava muito e dava espaços ao Criciúma, que começou a mandar na partida a partir dos 10 minutos. Mesmo irritando a torcida, o atacante Aloísio por pouco fez o primeiro gol do jogo, aos 14 minutos, após pegar rebote e soltar uma bomba, defendida por Marcelo Carné.

Melhor na partida, o Criciúma conseguiu o primeiro gol aos 25 do segundo tempo com Rogélio, que aproveitou o escanteio batido por Aloísio e apenas teve o trabalho de cabecear para o fundo das redes. A torcida, que andava impaciente, voltou a jogar junto com o time após a vantagem no placar.

Desesperado, o Duque de Caxias partiu para o ataque, mas esbarrava em Andrey, que fazia uma ótima partida. Aos 43 minutos, o meia Baraka ampliou o marcador após uma bomba, sem chances para Marcelo Carné, fazendo 2 a 0. O time da Baixada Fluminense ainda perdeu um pênalti aos 45 minutos, após batida de Santiago e defesa de Andrey.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA 2 X 0 DUQUE DE CAXIAS

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 2 de setembro de 2011 (Sexta-feira)
Horário: 20h30(de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael Alves (RS) e Lúcio Flor (RS)
Cartão amarelo: Massari e Anderson Conceição (Criciúma); Célio, Paulão e Santiago (Duque de Caxias)
Gol: CRICIÚMA: Rogélio, aos 25 e Baraka aos 43 do segundo tempo

CRICIÚMA: Andrey, Fábio Santana, Rogélio, Anderson Conceição e Massari (Mateus); Henik, Baraka, Aloísio e Marcel (Eder); Schwenck e Breitner (André Gava)
Técnico: Mauro Fernandes

DUQUE DE CAXIAS: Marcelo Carné, Léo, Lucão, Santiago e Ernani; Júlio Cesar (Thiaguinho), Paulão, Dudu (Abedi), Célio (Leandro Teixeira) e Tony; Galvão
Técnico: Paulo Campos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.