Com resultado deste domingo, equipe do técnico Edson Gaúcho só precisa de empate para levar o título

Em partida de dois tempos distintos, o Criciúma fez valer o seu mando de campo e venceu a Chapecoense por 1 a 0 na tarde deste domingo, jogando no estádio Heriberto Hulse, pelo primeiro confronto da final do Campeonato Catarinense. O único gol da partida saiu já aos 30 minutos do segundo tempo, com Talles Cunha.

Agora, o clube joga pelo empate em Chapecó, no próximo domingo, para se sagrar campeão estadual de 2011, enquanto o rival necessita de uma vitória siples para levar o caneco.

O jogo

O primeiro tempo começou de forma muito sonolenta, tendo um grande lance como destaque. Aelson, da Chapecoense, e Fabio Santana, do Criciúma, dividiram de cabeça e se chocaram no alto, dando um susto em todos os presentes. O meia dos visitantes ainda voltou a campo, mas Santana acabou levando a pior e teve de ser substituído por Talles Cunha.

Depois do lance, o Criciúma pressionou os visitantes, mas sem muito ímpeto. As únicas chances saíram em cabeçadas de Schwenck. Em uma delas, aliás, veio o gol, mas em ambas oportunidades o centroavante estava impedido, para tristeza da torcida local, que viu uma primeira etapa sem gols.

No segundo tempo, a partida continuou muito amarrada, mas com mais chances de gols de ambos os lados. O Criciúma este perto de marcar com Talles Cunha, que cabeceou com perigo à meta adversária. Na resposta, Cléverson puxou contra-ataque e chutou cruzado para boa defesa de Andrey.

Mas o gol da vitória dos anfitriões foi sair aos 29 minutos da etapa final. Após cobrança de falta, a defesa do time de Chapecó não conseguiu afastar e o mesmo Talles Cunha apareceu oportunista para empurrar a redonda até as redes, selando a vitória do Criciúma.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA 1 x 0 CHAPECOENSE


Local : Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)
Data: 08 de maio de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Público pagante : 15.118 torcedores
Árbitro: Célio Amorim
Assistentes: Helton Nunes e Josué Gilberto Lamim
Cartões amarelos: Nirley e Toninho (Criciúma); Marcos Alexandre, Dema Aelson (Chapecoense)
Gol: Talles Cunha aos 28 miuntos do segundo tempo

CRICIÚMA: Andrey; Fábio Santana (Talles Cunha), Nirley, Toninho e Fabiano; Carlinhos Santos, Mika, Pirão e Diogo Oliveira (Pedro Carmona); Schwenck (Lincom) e Roni
Técnico: Edson Gaúcho

CHAPECOENSE: Rodolpho; Diogo Roque (De Lazzari), Dema e Groli; Thoni, Everton Garroni (Everton Cézar), Cléverson, Marcos Alexandre e Aelson; Neílson e Aloísio (Jean Carlos)
Técnico: Mauro Ovelha

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.