Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Criciúma reforma estádio e leva partida para arena com pouca luz

Com gramado próprio vetado, clube optou por enfrentar a Chapecoense, na próxima quarta-feira, em Tubarão

Gazeta |

Como o estádio Heriberto Hülse, em Criciúma, passa por reformas no gramado, a diretoria do clube definiu que enfrentará a Chapecoense na próxima quarta-feira, pela segunda rodada do returno do Campeonato Catarinense, no estádio Aníbal Torres Costa, na cidade de Tubarão. Uma arena conhecida por complicar a vida dos goleiros.

Os arqueiros que atuam durante a noite no Aníbal Costa, que pertence ao Hercílio Luz, reclamam da iluminação, que não atinge 100% do campo com qualidade satisfatória, e o confronto com a Chapecoense está marcado para as 19h30 (de Brasília).

Os dirigentes do Criciúma, no entanto, elogiam a estrutura do local, que pode abrigar até 5 mil pessoas. O Heriberto Hülse, por sua vez, tem capacidade para receber até 22 mil pagantes.

O Tigre abriu mão de jogar em casa porque, como conquistou o primeiro turno do Estadual, só precisa acumular pontos na segunda parte da competição para, na decisão, disputar a partida final no Heriberto Hülse.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG