Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Criados "juntos" na base, Deola e Júlio César trocam elogios

Palmeirense venceu todos encontros na base, mas ainda não triunfou como profissional contra o Corinthians

Bruno Winckler e Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Deola e Júlio César serão um dos jogadores que mais devem ter seus nomes gritados neste domingo antes do clássico entre Palmeiras e Corinthians. Afinal, ambos são responsáveis por defender a meta do principal encontro do Estado e justamente quando vale uma vaga na final do Paulistão.

Antes mesmo de estrearem como profissionais de seus times, os dois já haviam tido outros encontros na categoria de base. Em 2004, no Paulistão sub-20, Deola viu, do banco de reservas, o Palmeiras bater o Corinthians de Júlio César por 4 a 3 em pleno Palestra Itália. Um ano depois, pelo Palmeiras B Deola viu a sua equipe ficar no empate por 3 a 3 contra o Corinthians B.

“O Júlio César Está fazendo um excelente trabalho no Corinthians e está conquistando o espaço dele lá. Eu fico muito feliz por isso. Nós dois começamos na base juntos, na mesma época e fico feliz de ver ele atuando”, disse Deola.

Gazeta Press
Deola deve seguir como titular no gol do Palmeiras


Se na base Deola foi muito bem e não se recorda de derrotas diante do Corinthians, como profissional, o camisa 22 não sabe o que é vitória, nem mesmo no banco de reservas. Neste ano, ele assistiu ao seu time sofrer um revés enquanto Marcos estava no banco e, em outras duas oportunidades, foi derrotado e também segurou um empate.

Já Júlio César foi grande destaque do último encontro. O goleiro foi muito pressionado e conseguiu defender em todas as vezes que foi exigido. Sorte dele que Alessandro conseguiu transformar todo aquele esforço em vitória.

O camisa 1 corintiano comemora a atuação e também lembra de suas atuações nas categorias de base, quando também tinha Deola como adversário.

AE
Júlio César tentará segurar ataque palmeirense


“O Deola tem mostrado que é um ótimo goleiro. Eu o conheço há muito tempo, desde a base, e, como eu aqui no Corinthians, ele teve muita calma e perseverança para conseguir chegar onde ele está hoje. A gente ficou muito tempo esperando uma oportunidade, trabalhando com seriedade e agora a gente é titular de duas grandes equipes", elogiou Júlio César.

Neste domingo, Júlio César tem certeza de que será titular. Já Deola é o favorito para ocupar a vaga. Caso contrário, ficará no banco de reservas de Marcos, nome que ficou consagrado justamente contra o Corinthians.

Leia tudo sobre: palmeirascorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG