"A atuação dele diante do Flamengo foi impressionante", declarou o treinador, que o improvisou na lateral

Em uma equipe com jogadores renomados como Souza, Jobson e Lulinha, um garoto de 21 anos, vindo das divisões de base, tem conseguido se destacar. Apesar dos dois gols de Jobson sobre o Flamengo, no último domingo, o técnico Renê Simões foi só elogios a Gabriel, que na mesma partida fez sua estreia na Série A com a camisa do Bahia .

"O Gabriel tem feito algo formidável. A atuação dele diante do Flamengo foi impressionante", declarou o treinador que, no jogo em questão, escalou o atacante improvisado na lateral direita.

O bom desempenho, porém, ainda não garante a titularidade a Gabriel. Entretanto, para o próximo compromisso do Tricolor, no domingo, contra o Grêmio, no Olímpico, o jovem deve ser mantido entre os 11 iniciais.

Entre na Torcida Virtual do Bahia e convide seus amigos

"Ele tem merecido. Mas ainda tem o Marcos, que está se recuperando bem da lesão, e o Jancarlos que já está treinando, mas ficou muito tempo parado. Uma certeza é que aqui vai jogar quem estiver melhor, e não pelo nome. Para domingo, o Gabriel sai na frente", afirmou Renê ao Bahia Notícias .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.