Tamanho do texto

Sem atletas para a posição, Adilson Batista poderá utilizar o jovem volante ao lado de João Filipe, único atleta do setor

Zé Vitor, volante do São Paulo
Rubens Chiri/Site oficial
Zé Vitor, volante do São Paulo
Diante da indefinição com relação ao aproveitamento de Rhodolfo neste sábado, contra o Atlético-PR, já que o defensor está com um edema na coxa , o técnico Adilson Batista adiantou que poderá improvisar o volante Zé Vitor ao lado de João Filipe no setor. Ciente da intenção do comandante, o jovem atleta se colocou à disposição para jogar, independente da função.

Siga o iG São Paulo no Twitter

"O objetivo maior é o São Paulo. Estou aí para o que precisar. Jogar de zagueiro não é fácil, mas tem muita gente me apoiando. Estou tranquilo e confiante para ajudar o grupo", ressaltou o camisa 35 tricolor, que espera conquistar de vez seu espaço no time, já que tem apenas 13 jogos pela equipe, sendo quatro na atual temporada.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

"Estou muito feliz. O grupo é muito bom e tem muita gente para voltar ainda. Isso vai deixar o nosso elenco ainda mais forte. Vou trabalhar e espero ter meu espaço na equipe", finalizou Zé Vitor. No Brasileirão, ele entrou em campo atuou apenas uma vez. O volante entrou nos últimos minutos da vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, no Morumbi.

Na manhã desta sexta-feira, no CT da Barra Funda, o atleta trabalhou com o auxiliar-técnico Ivair fundamentos da posição. "Isso foi pedido e pode acontecer dele (Zé Vitor) ter esta oportunidade de jogar por ali. Ele é volante de origem, mas pode ser que nos ajude nesta função", disse o técnico Adilson Batista.

O jogo de sábado contra os paranaenses pode valer a liderança ao São Paulo. O time precisa vencer em casa e torcer por tropeços de Corinthians e Flamengo. O duelo no Morumbi está marcado para 18h30 (de Brasília).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.