Técnico substituirá Ricardo La Volpe e vai enfrentar o Brasil em San José, no dia 7 de outubro

A Federação Costarriquenha de Futebol (Fedefútbol) ratificou nesta sexta-feira, em reunião de seu comitê executivo, o colombiano Jorge Luis Pinto como o novo técnico da seleção local, substituindo o argentino Ricardo La Volpe, que deixou a equipe após a eliminação na primeira fase da Copa América.

Juan Carlos Román, integrante do Comitê Executivo da Federação, declarou a jornalistas que Pinto chegará a San José em meados deste mês, e que antes, na próxima terça-feira, presenciará o amistoso entre Costa Rica e Equador, em Quito.

A Fedefútbol anunciou nesta semana que já tinha um acordo verbal com o colombiano e nesta sexta foi confirmada a escolha, com um salário inferior aos US$ 50 mil mensais recebidos por La Volpe, que, antes da Copa América, caiu nas quartas de final da Copa Ouro para Honduras.

Este será o segundo período de Pinto, atual treinador do Atlético Junior, à frente da seleção da Costa Rica. Entre 2004 e 2005, ele dirigiu a equipe nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006. Ainda durante a classificatória, o colombiano foi demitido pelos maus resultados e substituído pelo brasileiro naturalizado costarriquenho Alexandre Guimarães.

Entre as dificuldades que Pinto encontrará nesta nova aventura estão os poucos amistosos com os quais contará antes de começar a classificatória do Mundial de 2014, que será disputado no Brasil.

No calendário da Costa Rica, aparecem apenas cinco partidas nas chamadas datas Fifa antes do começo das Eliminatórias. Uma delas acontecerá em San José, no dia 7 de outubro, contra a seleção brasileira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.