Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cortado, Glaydson ficará na torcida pelo Inter no Mundial

Em declaração ao site do clube, nesta terça-feira, Glaydson exprimiu toda a sua decepção com seu corte

Gazeta Esportiva |

O volante Glaydson passou nesta semana por um drama comum a vários atletas que disputam competições internacionais: lesionado na panturrilha, acabou cortado da delegação do Inter que viajará até Abu Dhabi tentar o bicampeonato mundial.

Em declaração ao site do clube, nesta terça-feira, Glaydson exprimiu toda a sua decepção com o ocorrido: "Estou muito chateado com essa situação. Todo jogador sonha em poder disputar competições de alto nível, como é o Mundial de Clubes da FIFA, algo que fica marcado na história do clube e na carreira de cada um. Fiz de tudo para ficar à disposição, mas, infelizmente, não foi possível. Agora o que eu posso fazer para ajudar os companheiros é torcer".

O garoto Eduardo Sasha, que atua como meia, foi incluído na vaga deixada por Glaydson para o Mundial. Coincidentemente, em 2006, o Inter passou por problema semelhante: na oportunidade, o atacante colombiano Rentería lesionou-se na última partida do Brasileirão daquele ano, contra o Goiás, e também foi cortado.

Leia tudo sobre: internacionalmundial de clubes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG