Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Coritiba vence Paranavaí e quer título antecipado no Paraná

Campeão do primeiro turno interrompeu ascensão do adversário ao vencer por 3 a 0, com dois de Emerson

Gazeta |

Brigando pelo título antecipado do Campeonato Paranaense 2011, o Coritiba deu mais um passo importante ao vencer o Paranavaí, fora de casa, por 3 a 0, mantendo a invencibilidade e a proximidade com a liderança do segundo turno. O ACP, por sua vez, teve interrompida a ascensão após uma vitória na primeira rodada.

Depois de um primeiro tempo tecnicamente fraco, o Coxa finalmente conseguiu abrir o placar aos sete minutos da etapa final, com Émerson, que aproveitou levantamento em tiro de canto e testou firme para as redes. O melhor ataque do campeonato teve um acréscimo na estatística com um golaço de Davi, aos 13 minutos. Emerson, aos 21 minutos, fechou a contagem.

Na próxima rodada, o Coritiba tem o clássico diante do Paraná Clube, no Estádio Couto Pereira, na capital paranaense. Já o Paranavaí vai a Apucarana, onde no domingo encara o Roma, no Estádio Bom Jesus da Lapa.

O jogo
Com um ferrolho armado, o "Vermelhinho do Fim da Linha" conseguia mostrar, desde o apito inicial, que tornaria difícil a vida do Alviverde. Sem outra alternativa, Léo Gago tentou o primeiro chute de longe, mas a Roberto afastou o perigo. Com a mesma dificuldade, Rafinha, aos cinco minutos, arrematou da intermediária e, após desvio, ganhou tiro de canto. A moda de Maradona, Bill, aos 10 minutos, tentou desviar com a mão, mas o árbitro anotou a falta.

O contra-ataque era a principal, e única, arma do Paranavaí. Aos 18 minutos, Jean tentou o chute, Rafael Santos desviou no meio do caminho e a bola saiu, sem maior perigo. Na resposta coxa-branca, dois minutos depois, Marcos Aurélio chutou, Pedro Castro vacilou e, no rebote, Davi, com um lance plasticamente bonito, perdeu a chance de abrir o placar. Aos 28 minutos, curtindo uma de ala, Pereira cruzou e Jonas não alcançou na área para arrematar.

A vida estava dura para o Coxa. Aos 33 minutos, Bill girou o corpo para chutar forte e Pedro Castro fez milagre. O Vermelhinho respondeu aos 38 minutos, com Edson, que quase enganou o xará alviverde com um chute venenoso, que contou com o morrinho artilheiro. O time da casa começou a gostar da partida. Aos 42 minutos, Edson fez o levantamento fechado e Eltinho afastou.

No segundo tempo, o Coritiba voltou mostrando mais vontade. Logo no primeiro minuto, Jonas mandou a bomba, à esquerda da meta. Mais Coxa no ataque e Léo Gago, em cobrança de falta, desceu o pé para nova defesa espetacular do Pedro Castro. Depois de tanto tentar, o gol saiu aos sete minutos. Émerson aproveitou cobrança de escanteio e, de cabeça, tocou no chão para abrir o placar.

O gol abriu a porteira do Paranavaí. Aos 13 minutos, Davi, um dos destaques do jogo, tocou para Bill que, em impedimento, parou na jogada, deixando a bola para o próprio meia coxa-branca, que driblou o goleiro, tocou para as redes, e saiu para o abraço. Aos 20 minutos, Bill mandou o petardo, a bola desviou e saiu raspando o poste. O terceiro gol estava próximo e Emerson, o zagueiro artilheiro da noite, entrou como homem surpresa para completar o chute de Davi.

Mesmo com os três gols de vantagem, o Coritiba manteve o ritmo, sem administrar a partida. Aos 29 minutos, Tcheco chutou de longe, à direita da meta. O Paranavaí chegava em lances isolados, como em uma cobrança de falta de Ednaldo, aos 34 minutos, que Edson Bastos foi buscar no ângulo. O quarto gol estava nos pés de Eltinho, aos 41 minutos, mas o zagueiro salvou em cima da linha. O Alviverde mostrou que passa por um grande momento.

Mais três jogos
No horário das 20h30 (de Brasília), mas três partidas foram disputadas pela segunda rodada do returno. Em Ponta Grossa, o Operário se reabilitou da derrota para o Coritiba e venceu o Cascavel, por 2 a 0, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. Enquanto isso, em Apucarana, o Roma fez a lição de casa e passou pelo o Iraty, também por 2 a 0, no Estádio Bom Jesus da Lapa. Já Cianorte e Arapongas não passaram de um empate em 1 a 1 no Estádio Olímpico Albino Turbay.

FICHA TÉCNICA - PARANAVAÍ 0 X 3 CORITIBA

Local: Estádio Municipal Dr. Waldemiro Wagner, em Paranavaí (PR)
Data: 09 de março de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Antônio Denival de Morais
Assistentes: Gilson Bento Coutinho e Adolfo Ferreira Borges

GOLS:
CORITIBA: Émerson, aos 07 minutos e aos 21 minutos e Davi, aos 13 minutos do segundo tempo

PARANAVAÍ: Pedro Castro; Jean, Alisson, Everton, Rafinha (Ednaldo) e Edson; Roberto, Jaime e Ferraz (Tatico); Rafael Santos (Gimar) e Pequi Técnico: Rogério Perrô

CORITIBA: Édson Bastos; Jonas, Pereira (Jéci), Emerson e Eltinho; William, Léo Gago , Davi (Everton Ribeiro) e Rafinha (Tcheco); Marcos Aurélio e Bill Técnico: Marcelo Oliveira

Leia tudo sobre: coritibaparanavaicampeonato paranaense 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG