Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Coritiba vence o Cascavel por placar magro, mas retoma liderança

O estreante Davi marcou o gol da vitória da equipe, aos 11 minutos do segundo tempo no Couto Pereira

Gazeta |

O Coritiba segue como único time invicto do Campeonato Paranaense e reassumiu a liderança isolada, que por um dia ficou nas mãos do Cianorte, com 10 pontos ganhos, após bater o Cascavel, pelo placar magro de 1 a 0, no Estádio Couto Pereira. O Cascavel, por sua vez, permanece na vice-lanterna, com apenas um ponto ganho em quatro rodadas disputadas.

Depois de dominar as coes durante os 45 minutos iniciais, sem conseguir abrir o placar, o gol do Coritiba finalmente saiu aos 11 minutos do segundo tempo, com o estreante Davi acertando uma bomba após rebote. A contagem só não foi mais elástica porque o Alviverde voltou a viver o problema das finalizações erradas. MO< Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o Arapongas, no Estádio dos Pássaros, domingo, no interior paranaense. Já o Cascavel encara o Iraty, em casa, no mesmo dia, no Estádio Olímpico Regional.

AE
O estreante Davi comemora o gol da vitória do Coritiba

O jogo
O Coritiba tomou as rédeas da partida desde o apito inicial. Aos dois minutos, Marcos Aurélio cobrou escanteio e, depois da confusão, Pereira bateu por cima da meta. Aos sete minutos, novamente no tiro de canto cobrado por Marcos Aurélio, Emerson ensaiou uma bicicleta e por pouco não fez um golaço. Aos nove minutos, Davi, com liberdade na área, desviou pela linha de fundo, perdendo uma chance real.

A Serpente estava acuada, e só chegou ao ataque aos 14 minutos, com Pedro Neto, que se empolgou na jogada após deixar dois defensores para trás e isolou a bola. Davi, que ganhou a vaga de Rafinha, que cumpriu suspensão, teve nova oportunidade aos 16 minutos, quando recebeu de Marcos Aurélio e, mesmo sem ângulo, disparou com perigo. O domínio era total do Coxa que, no entanto, pecava nas finalizações. Sete minutos depois foi a vez de Leonardo tentar surpreender o goleiro, sem sucesso.

null

A defesa do Cascavel fechava bem os espaços, mas também tinha seus momentos de pastelão, como aos 29 minutos, quando após um cruzamento fechado, a zaga mandou contra o próprio patrimônio. Jean Carlo tentou enganar Edson Bastos em cobrança de escanteio, aos 36 minutos, e a bola saiu direto. Aos 40 minutos, com um chute cruzado, Leonardo assustou o goleiro Veloso, que só acompanhou a saída da bola.

Na segunda etapa, o técnico Marcelo Oliveira sacou um zagueiro para a entrada do meia Tcheco. Aos dois minutos, para variar, uma chance clara desperdiçada por Davi, que recebeu um passe açucarado de Leonardo, abriu espaço e bateu pela linha de fundo. Porém, o meia-atacante, que fazia sua estreia com a camisa alviverde, era quem criava as melhores situações. Até que, depois da confusão na defesa da Serpente, aos 11 minutos, Davi pegou a sobra e mandou o petardo para o fundo das redes.

O Coritiba tinha a partida sob controle e um segundo gol parecia questão de tempo. Aos 15 minutos, Marcos Aurélio cobrou falta na entrada da área e carimbou a barreira. Em seu último lance na partida antes de ser substituído por Anderson Aquino, Davi, três minutos depois, deixou Jonas em ótimas condições para chutar, mas a batida saiu sem direção. Aos 28 minutos, Léo Gago arriscou de longe e Veloso agarrou.

O ritmo da partida caiu bastante, com a Serpente sem poder de reação e o Coritiba tentando, mas sem muita pontaria, ampliar a contagem. Aos 35 minutos, Geraldo fez jogada individual e tocou para Marcos Aurélio, que tinha toda a liberdade do mundo para marcar e, ainda assim, parou nas mãos de Veloso. Aos 41 minutos,Tcheco fez falta e tomou cartão amarelo. Após reclamar, foi expulso.


FICHA TÉCNICA - CORITIBA 1 X 0 CASCAVEL


Local: Estádio Major Antonio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 27 de janeiro de 2011, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Adriano Milczvski
Assistentes: Pedro Martinelli Christino e Marcos Rogério da Silva
Cartões amarelos: Pereira (Coritiba); Pedro Neto, Fernando, Kim (Cascavel)
Cartão vermelho: Tcheco (Coritiba)

Gols: CORITIBA: Davi, aos 11 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Edson Bastos; Cleiton, Emerson (Tcheco) e Pereira; Jonas, William, Léo Gago, Davi (Anderson Aquino) e Eltinho; Marcos Aurélio e Leonardo (Geraldo)
Técnico: Marcelo Oliveira

CASCAVEL: Veloso; Rafael, Rodrigo, Fernando e Tita; Kim, Diego Corbari, Pedro Neto e Jean Carlo (Wellington); Irineu e Clênio (Jean)
Técnico: Ivair Cenci

Leia tudo sobre: coritibacascavelcampeonato catarinene 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG