Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Coritiba vence Atlético-GO fora e leva vantagem para casa

Atacante Marcos Aurélio marcou os dois gols da equipe paranaense na vitória por 2 a 1 dentro do Serra Dourada

Gazeta |

Invicto na temporada, o Coritiba conseguiu mais uma importante vitória ao bater por 2 a 1 o Atlético Goianiense, em pleno Estádio Serra Dourada, pela segunda fase da Copa do Brasil. A partida de volta está marcada para o dia 30 de março, no Couto Pereira, com boa vantagem para o Coxa. O vencedor do confronto vai pegar na próxima fase quem passar do duelo entre Caxias e Botafogo-PB.

O Dragão abriu o placar aos 20 minutos do primeiro tempo, no primeiro vacilo da defesa paranaense, que deixou Gilson desviar com liberdade cobrança de falta de Elvis. O Alviverde empatou aos 35 minutos, com Marcos Aurélio chutando de fora da área. Depois do intervalo, Marcos Aurélio, aos 18 minutos, com um golaço, decretou a virada.

O jogo
Com um bom toque de bola e muito estudo, as equipes começaram o jogo com um bom ritmo, mas sem grandes emoções. Aos quatro minutos, Adriano fez boa jogada pela lateral e Emerson apareceu para cortar o levantamento. Com uma movimentação eficiente, Elvis tentava dar velocidade para o Dragão. Chute a gol mesmo somente aos 13 minutos, com Rafinha, que arrematou de longe, para fora.

AE
Jogadores do Coritiba comemoram gol em Goiás
A partida era equilibrada, com muita marcação. Aos 16 minutos, Léo Gago chutou cruzado e a defesa afastou da área. O gol do Atlético-GO aconteceu aos 20 minutos, com Gilson, que aproveitou o cochilo da zaga coxa-branca após cobrança de falta de Elvis e desviou para o fundo das redes. Aos 27 minutos, Marcos Aurélio cobrou falta no cantinho e Márcio fez linda defesa para impedir o empate.

O time da casa se empolgou e foi par acima. Aos 30 minutos, Juninho mandou o petardo da entrada da área, pela linha de fundo. Mas, o Coritiba soube explorar os espaços e chegou ao empate aos 35 minutos, com Marcos Aurélio, que chutou bonito, no canto, para balançar as redes. O Dragão voltou a assustar, aos 44 minutos, com um arremate de Juninho, que ainda contou com desvio no meio do caminho.

Na segunda etapa, o jogo recomeçou quente. Logo aos dois minutos, Marcos Aurélio soltou uma verdadeira bomba e Márcio fez linda defesa. Na resposta, aos cinco minutos, Thiago Feltri bateu colocado e foi a vez de Edson Bastos trabalhar bem. O Atlético já não conseguia chegar mais ao ataque e a torcida, até então eufórica, começava a reclamar.

Aos poucos o Coxa começava a dominar os espaços e se aproximava do segundo gol. Até que, aos 18 minutos, Marcos Aurélio deixou a defesa para trás e arrematou com um petardo no ângulo para fazer o segundo gol. A chuva apertou, assim como o Dragão em busca do empate. Aos 24 minutos, Marcão desviou de cabeça na área e a bola passou raspando a trave esquerda de Edson Bastos.

A partida se encaminhava para sua reta final e o time da casa não mostrava força suficiente para reagir. Por outro lado, o Coritiba continuava insistindo. Aos 32 minutos, Léo Gago cobrou falta com violência e Márcio espalmou. A torcida ironizava o toque de bola do Coxa gritando Olé, mostrando o descontentamento com o time. Aos 42 minutos, Agenor chutou de longe e Edson Bastos quase se complicou. O Alviverde teve a chance de eliminar o confronto de volta, aos 44 minutos, com Geraldo, que de gente para o crime, chutou fraco.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 1 x 2 CORITIBA


Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 17 de março de 2011, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Junior (MG)
Auxiliares: Janette Mara Arcanjo e Marcus Vinicius Gomes (ambos de MG)
Cartões amarelos: Agenor, Adriano e Marcão (Atlético-GO); Rafinha, Jonas e Anderson Aquino (Coritiba)

GOLS:
ATLÉTICO-GO: Gilson, aos 20 minutos do primeiro tempo
CORITIB A: Marcos Aurélio, aos 35 minutos do primeiro tempo e aos 18 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-GO: Márcio, Adriano, Gilson, Paulo Henrique e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Ramalho (Preto) e Elvis (Diogo Campos); Marcão e Felipe (Juninho).
Técnico: René Simões

CORITIBA: Edson Bastos; Jonas, Jeci, Emerson e Lucas Mendes (Dênis); Willian, Léo Gago, Rafinha e Davi (Tcheco); Marcos Aurélio (Geraldo) e Anderson Aquino
Técnico: Marcelo Oliveira

Leia tudo sobre: CoritibaAtlético-GOCopa do Brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG