Tamanho do texto

Jogadores dizem acreditar que a equipe ficará mais forte decidindo a Copa do Brasil no Couto Pereira

Muito equilíbrio. É assim que o Coritiba vê a decisão da Copa do Brasil com o Vasco , que começa na próxima semana. O primeiro jogo será em São Januário, dia 1º de junho, enquanto o segundo confronto, no Couto Pereira , dia 8 de junho.

“Deve ser um confronto muito equilibrado, pela tradição do Vasco, pelo momento que o Vasco vive, teve uma recuperação muito boa com o Ricardo Gomes”, analisou o técnico do Coritiba, Marcelo Oliveira.

“A gente já tem monitorado, assistido a alguns jogos do Vasco e é isto que a gente pensa: temos que nos preparar bem, descansar, estudar bem as situações do adversário e buscar esse título com toda a garra, com toda a determinação”, completou o treinador. Apesar disso, os jogadores do Coxa estão confiantes em decidir o título em casa, já que a segunda partida será no Couto Pereira.

“É melhor, diante da nossa torcida, segundo jogo. Podendo comemorar o título ali no Couto Pereira, a gente fica muito mais forte”, disse o atacante Anderson Aquino, herói da classificação para a final. Mesmo assim, o atacante destacou o bom futebol e a tradição do adversário.

“Vasco é um grande time, uma força do futebol brasileiro. Mas temos que entrar do jeito que a gente vinha jogando: respeitando o time deles, mas nosso time não tem que temer ninguém. A gente está na final não é por acaso; é por trabalho. Então, a gente vai forte”, finalizou o atacante.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.