Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Coritiba impõe grande humilhação ao Palmeiras no Couto Pereira

Goleada de 6 a 0 deixa paranaenses perto da semi da Copa do Brasil e leva crise ao Palestra Itália

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

nullO Coritiba deu um verdadeiro show no Palmeiras. O time paranaense não deu chances à equipe paulista, aplicou sonoros 6 a 0 e praticamente garantiu classificação à semifinal da Copa do Brasil. Foi a 24ª vitória seguida do Coritiba, bicampeão paranaense. Emerson, Davi, Léo Gago, Bill, Geraldo e Anderson Aquino foram os autores dos gols em Marcos, justamente na sua volta aos gramados como titular.

O time do Palestra Itália não se encontrou em campo. Sofreu gol de todos os jeitos possíveis: bola aérea, chute de fora da área, de dentro da pequena área e de pênalti. Felipão ainda tentou mudar, colocando Wellington Paulista e Chico para mudar a história do jogo, mas não adiantou.

Os seis gols sofridos significam mais do que a metade dos 11 gols que o Palmeiras havia sofrido no ano inteiro. Foram oito gols no Paulista e outros três na Copa do Brasil. O time de Felipão, aliás, não sofria nem quatro gols desde a sua estreia como técnico, quando a equipe perdeu por 4 a 2 do Avaí.

Agora, os dois times se reencontram na quarta-feira que vem, no Pacaembu. O Palmeiras precisa fazer 7 a 0 para avançar ou repetir os 6 a 0 para levar aos pênaltis.




O jogo
O cronômetro não marcava nem três minutos, e os dois times já haviam finalizado uma vez. Primeiro, foi a vez de Kleber e Lincoln trocarem passos até que a bola caiu nos pés de Patrik. O jovem chutou à direita de Edson Bastos. Depois, foi a vez de Emerson cabecear com muito perigo também à direita de Marcos.

O mesmo zagueiro abriria o placar nove minutos depois. Em batida de escanteio, mais uma vez pela esquerda do campo, Emerson subiu sozinho na pequena área, em cima de Leandro Amaro, e abriu o placar para os donos da casa aos 12 minutos do 1º tempo.

nullAos 21 minutos, o Palmeiras errou na saída de bola e sofreu o gol. João Vítor errou no bote ainda no meio de campo e deixou a bola escapar. Anderson Aquino se livrou de Leandro Amaro e, foi aí que Bill recebeu a bola pela direita da zaga palmeirense, cruzou e encontrou Davi sozinho, na marca de pênalti, para ampliar o placar.

Antes do apito final, Pereira deu bela cabeçada subindo muito mais alto que Danilo e quase fez o terceiro gol do Coritiba. Marcos estava lá e fez defesa excepcional para evitar o início de uma derrota que seria irreversível. Dois minutos depois, de novo de cabeça, foi a vez de Jonas cabecear também sozinho, mas errar a mira. A única boa chance palmeirense aconteceu aos 41 minutos, com Leandro Amaro, que ganhou de cabeça, mas acertou à esquerda de Edson Bastos.

Gazeta Press
Bem marcado, Kleber pouco produziu para o Palmeiras
O jogo já estava indo para o término da etapa inicial, até que Léo Gago, aos 43 minutos, chutou e viu a bola desviar em cima de Danilo. Os donos da casa abriam 3 a 0.

No segundo tempo, o Palmeiras tentou substituições para reagir, mas não conseguiu. Wellington Paulista e Chico voltaram nos lugares de Patrik e João Vítor. Não adiantou nada. Aos 11 minutos, o Coritiba ampliou o placar com cobrança de pênalti de Bill, que foi sofrido por ele mesmo em falta de Leandro Amaro.

Rivaldo ainda seria expulso antes dos 20 minutos, o que piorou o poder de reação palmeirense. Os nervos do time paulista estavam a flor da pele e um bom exemplo foi o recuo que Danilo deu para Marcos, causando uma grande reclamação por parte do camisa 12.

Aos 46 minutos, Geraldo foi entrando sozinho na grande área, sem nenhuma marcação. Todos ficaram olhando para ele e o meia-atacante Angolano chutou e ampliou o placar para uma goleada histórica: 5 a 0. Como se não bastasse, Anderson Aquino entrou sozinho mais uma vez dentro da área, passou por três e fez o sexto.

Milton Trajano
Quem tem que pedir desculpas a Marcos?

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 6 X 0 PALMEIRAS

Data: 05/05/2011, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Local: Estádio Couto Pereira, Curitiba (PR)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS/Fifa)
Assistentes: Altermir Hausmann (RS/Fifa) e Júlio César Rodrigues dos Santos (RS)
Público: 28.870 pagantes
Renda: R$ 848.620,00
Cartão Amarelo: Leandro Donizete, Rafinha, Cleiton e Léo Gago (COR) Luan, João Vítor e Rivaldo (PAL)
Cartão Vermelho: Rivaldo (PAL)

GOLS
CORITIBA
: Emerson, aos 12 minutos do 1º tempo, Davi, aos 21 minutos do 1º tempo, Léo Gago, aos 43 minutos do 1º tempo, Bill, aos 11 minutos do 2º tempo, Geraldo, aos 46 minutos do 2º tempo, Anderson Aquino, aos 48 minutos do 2º tempo

CORITIBA: Edson Bastos; Jonas, Pereira (Cleiton), Emerson e Lucas Mendes; Leandro Donizete (William), Léo Gago, Rafinha (Geraldo) e Davi; Anderson Aquino e Bill.
Técnico: Marcelo Oliveira

PALMEIRAS: Marcos; João Vítor (Chico), Leandro Amaro, Danilo e Rivaldo; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik (Wellington Paulista), Lincoln (Adriano Michael Jackson); Luan e Kleber
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Leia tudo sobre: palmeirascoritibacopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG