Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Coritiba ganha de virada do lanterna América-MG

Equipe paranaense leva susto, mas consegue reverter o placar e consolida-se na zona de classificação da Sulamericana

AE |

AE
Coritiba toma susto, mas vira partida no Couto Pereira
O Coritiba levou um susto no começo do jogo, mas ganhou de virada do lanterna América-MG , por 3 a 1, na noite deste domingo, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. Com mais uma derrota, agora pela 32ª rodada do Brasileirão, o time mineiro caminha a passos largos para o rebaixamento.

O América-MG ficou parado nos 25 pontos, ainda na última colocação do campeonato. Já o Coritiba, que chegou aos 45 pontos, aparece na 11ª posição e se consolida como um dos times que conseguirá vaga na próxima edição da Copa Sul-Americana.

null

Jogando em casa, com o apoio da torcida e diante do lanterna, o técnico Marcelo Oliveira colocou o Coritiba no ataque desde o início da partida. Assim, o atacante Bill desperdiçou uma boa chance para o time paranaense logo aos cinco minutos.

Apesar do domínio do Coritiba, foi o América quem marcou o primeiro gol. Aos 17 minutos, o atacante Kempes aproveitou uma saída de bola errada do lateral Lucas Mendes, passou pelo volante Léo Gago e chutou no canto direito do goleiro Vanderlei, sem chance de defesa.

O gol do adversário, porém, não abalou o time da casa. Aos 19 minutos, o

meia Rafinha apanhou a bola, driblou Micão e William e chutou rasteiro. O goleiro Neneca ainda tocou na bola, mas não impediu o empate do Coritiba.

 Melhor na partida, o Coritiba não teve dificuldade para ampliar. Aos 24 minutos, após boa tabela com o atacante Marcos Aurélio, o meia Davi recebeu a bola na entrada da grande área e bateu no alto, sem chance para a defesa de Neneca: 2 a 1. 

Na segunda etapa, o panorama do jogo pouco mudou. O técnico Givanildo Oliveira tentou dar mais criatividade ao meio-de-campo do América-MG e trocou Fabrício por Irênio, mas a mudança não deu resultado. O time se manteve lento e ainda perdeu o meia Gilson , expulso por jogo violento.

Com um jogador a mais em campo, o Coritiba não teve problema para ampliar a vantagem. Aos 40 minutos, Léo Gago cobrou falta na área, o zagueiro Jéci subiu mais do que a zaga americana e marcou o terceiro gol, definindo a vitória.

FICHA TÉCNICA:
CORITIBA 3 x 1 AMÉRICA-MG

Árbitro - Anderson Daronco (RS).
Cartões amarelos - Jonas, Alessandro, Amaral, William Rocha, Gilson, Lucas Mendes, Bill e Rafinha.
Cartão vermelho - Gilson.
Renda - R$ 109.040,00.
Público - 10.962 pessoas (9.392 pagantes).
Local - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Gols - Kempes, aos 17, Rafinha, aos 19, e Davi, aos 24 minutos do primeiro tempo; Jéci, aos 40 minutos do segundo tempo.

CORITIBA - Vanderlei; Jonas, Jéci, Emerson e Lucas Mendes; Willian, Léo Gago, Davi (Everton Ribeiro) e Rafinha; Marcos Aurélio (Geraldo) e Bill (Everton Costa). Técnico: Marcelo Oliveira.

AMÉRICA-MG - Neneca; Micão, William Rocha (Sheslon) e Everton; Rodriguinho (Tiago), Leandro Ferreira, Amaral, Fabrício (Irênio) e Gilson; Kempes e Alessandro. Técnico: Givanildo Oliveira.

Leia tudo sobre: brasileirão 2011coritibaamérica-mg

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG