Emerson e Marcos Aurélio comemoram o relativo sucesso da zaga paranaense contra o ataque de Leandro Damião

nullUm empate com sabor de vitória. Este era o sentimento dos jogadores do Coritiba após o empate por 1 a 1 diante do Internacional , em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro. Depois de sair perdendo com um gol logo no primeiro minuto de partida, a superação foi a chave para buscar o resultado. O zagueiro Emerson lembrou as dificuldades impostas pelo Inter e vibrou muito após o apito final.

"Foi muito difícil marcar um jogador extremamente qualificado, de nível de Seleção Brasileira. Quando conseguimos o empate, ficou difícil porque eles foram para cima. É um dos melhores atacantes do Brasil, muito difícil de marcar", destacou o defensor, comemorando o ponto ganho. "Não fizemos um bom primeiro tempo, mas voltamos bem, conseguimos fazer um gol e o ponto conquistado é o mais importante", emendou.

Autor do gol de empate, aproveitando uma cobrança de falta de Marcos Aurélio , Emerson saiu satisfeito por ter segurado o adversário no Beira-Rio e ainda ter contribuído no ataque. "Eu sempre tenho treinado, essa semana não foi diferente e hoje pude mais uma vez marcar. Fico feliz por poder ajudar a nossa equipe", disse.

Quem praticamente fez um gol ao defender a cobrança de pênalti de Kléber foi Vanderlei , que vibrou muito após o lance, em um dos raros momentos em que o arqueiro tem essa oportunidade no futebol. "É o momento nosso, sozinho. Você não tem o que fazer. Fico feliz por evitar o gol e eu sempre procuro vibrar nas defesas para passar isso ao grupo", finalizou.

Inter e Coritiba empataram no Beira-Rio
AE
Inter e Coritiba empataram no Beira-Rio

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.