Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Coritiba começa a preparar os sucessores para a camisa número 1

Clube promove jovens goleiros anos para que fiquem prontos quando Edson Bastos e Vanderlei derem adeus

Altair Santos, iG Curitiba |

A sucessão da camisa 1 no Coritiba já começou. Não quer dizer que Edson Bastos, 31 anos, e Vanderlei, 26, estejam ameaçados como os principais goleiros do clube. Acontece que o departamento de futebol decidiu usar a experiência dos dois para amadurecer Rafael Martins e Caio, que foram promovidos das categorias de base.

Há muito tempo o Coritiba não colocava goleiros tão jovens – Rafael tem 19 e Caio, 20 anos - para fazer parte do elenco profissional. O caso mais recente ocorreu com Gérson, que foi titular entre o final dos anos 1980 e o início de 1990. Depois dele, o Coritiba só importou goleiros. Agora, com a criação de um núcleo de formação de atletas no clube, a concepção mudou.

Segundo Mário André Mazzuco, coordenador das categorias de base do Coritiba, as promoções de Rafael Martins e Caio, assim de outros jogadores levados ao profissional, como o zagueiro Luccas Claro, o volante Djair e o meio-campista Dudu, têm o objetivo de dar mais suporte técnico a eles. "O objetivo é formar um atleta tecnicamente mais completo, valorizando os talentos", explica.

É um trabalho que se inspira no que o Internacional de Porto Alegre já faz há algum tempo. A ponto de o clube gaúcho raramente precisar contratar goleiros, pois produz boa parte deles nas categorias de base. Além disso, o técnico Marquinhos Santos, que comanda o sub 20 do Coritiba, avalia que a presença de Rafael Martins e caio no profissional vai realçar ainda mais a qualidades deles, que é a competitividade. “Os garotos podem somar ao elenco, porque são atletas extremamente competitivos, com qualidade e caráter", ressalta.

Diante desta avaliação, se Edson Bastos e Vanderlei vierem a trocar de clube, a idéia é deixar Sérgio Martins e caio prontos para atuar disputar a camisa 1. No ano passado, Edson Bastos esteve na mira do Santos. Neste ano, Vanderlei foi sondado por clubes paulistas, entre eles a Ponte Preta. Os dois principais goleiros do Coritiba têm contrato até 2012.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG