Marcos Aurélio e Jeci definiram o placar, acabando com sequência de três vitórias seguidas dos gaúchos

Marcos Aurélio comemora gol do Coritiba
AE
Marcos Aurélio comemora gol do Coritiba
O Coritiba segurou a subida do Grêmio no Brasileirão. No estádio Couto Pereira, os paranaenses jogaram melhor e ganharam por 2 a 0. O time gaúcho havia vencido os últimos três jogos no campeonato. Marcos Aurélio, aos 14 minutos de jogo, fez o primeiro gol. O zagueiro Jeci, aos 29 do segundo tempo, marcou o segundo.

Saiba as últimas notícias do Grêmio pelo Twitter

O primeiro tempo começou controlado pelo Grêmio . Os visitantes pareciam jogar em casa. Apesar disso, poucas boas chances foram criadas. O Coritiba, que pouco fazia, conseguiu abrir o placar com Marcos Aurélio, após boa jogada de Léo Gago.

Os paranaenses cresceram imediatamente no jogo. O Grêmio, aos poucos, foi igualando o domínio. O centroavante Brandão acabou sentindo lesão na coxa. De forma surpreendente , o técnico Celso Roth optou pela entrada do volante Adilson. O primeiro tempo terminou com muita intenção e pouca efetividade. O Coritiba arriscou oito chutes, só dois no gol. O Grêmio acertou dois de dez.

No início do segundo tempo, Roth promoveu a estreia do atacante Yuri Mamute , 16 anos. Entrou no lugar de Diego Clementino. O Coritiba começou a segunda etapa bem melhor. O Grêmio se mostrou sonolento nos primeiros 20 minutos, sem criar quase nada.

null

Quando o time gaúcho esboçou ligeira melhora, sofreu o segundo gol , macado por Jeci. O Coritiba passou a administrar o jogo e não sofreu mais nenhuma ameaça

Entre para a Torcida Virtual do seu time e comente a rodada do Brasileirão

O Coritiba agora é 7º colocado, com 40 pontos. O Grêmio cai para 10º, com 39. Quarta-feira, 16h, os gaúchos recebem o Figueirense, no estádio Olímpico. Na quinta, 20h30, os paranaenses visitam o Fluminense, no Rio de Janeiro. 

O Jogo:
Os desfalques marcaram o pré-jogo. O Coritiba foi formado sem seis jogadores. O Grêmio, que já tinha sete ausências, teve mais uma de última hora: o zagueiro Edcarlos foi vetado . Gilberto Silva foi recuado para a zaga, com Diego Clementino entrando no meio-campo.

A primeira principal chance de gol foi do Grêmio. Aos sete minutos, após troca de passes, Mário Fernandes, já dentro da área, chutou para fora. O Coritiba abriu o placar aos 14. Victor conseguiu espalmar um chutaço de Léo Gago, mas a bola ainda pegou na trave. No rebote, Marcos Aurélio fez 1 a 0 .

A resposta quase veio imediata. Após grande jogada de Júlio César, o chute de Marquinhos acabou desviando na zaga e passando na frente do gol. Aos 22, o chute de Tcheco passou sobre o gol, assustando Victor. Aos 24, um voleio de Bill também levou perigo.

Aos 33, o atacante Brandão teve que deixar o campo . Com lesão muscular na coxa, deu lugar ao volante Adilson. A troca não surtiu muito efeito. O técnico Celso Roth tentou corrigir tudo no intervalo, promovendo a estreia do atacante Yuri Mamute, 16 anos, na vaga de Diego Clementino.

O Coritiba dominou o início da segunda etapa . Aos 11 minutos, Marcos Aurélio foi levando, e Victor teve que segurar o chute do atacante. O Grêmio respondeu aos 23, após boa arrancada de Marquinhos, que terminou com um chute desviado. Aos 26, o árbitro Dewson Freitas poderia ter expulsado Marquinhos , mas não viu a agressão cometida no lateral Jonas, do Coritiba.

O Coritiba voltou a marcar aos 29 minutos do segundo tempo: Tcheco cobrou escanteio e Jeci cabeceou para fazer 2 a 0. A partir daí, foi só administrar o placar.  

FICHA TÉCNICA - CORITIBA 2 X 0 GRÊMIO
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 8 de outubro de 2011, sábado
Horário: 18h (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés e Lúcio da Silva de Mattos
Público: 21.960 torcedores
Renda: R$ 386.750,00
Cartão amarelo: Jeci, Vanderlei (Coritiba); Fábio Rochemback (Grêmio)

GOLS:
Coritiba: Marcos Aurélio, aos 14 minutos do primeiro tempo; Jeci, aos 29 minutos do segundo tempo.

CORITIBA: Vanderlei; Jonas, Emerson, Jeci e Lucas Mendes; William (Leonardo), Léo Gago, Tcheco e Everton (Anderson Aquino); Marcos Aurélio (Davi) e Bill.
Técnico: Marcelo Oliveira.

GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Rafael Marques, Gilberto Silva e Julio Cesar; Fábio Rochemback, Fernando, Diego Clementino (Yuri Mamute), Marquinhos (Willian Magrão) e Escudero; Brandão (Adilson).
Técnico: Celso Roth.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.