Sem culpar o campo pelo empate, jogadores detonaram condições do estádio paranaense

Gramado não estava em boas condições
AE
Gramado não estava em boas condições
Buracos, terreno desnivelado e tinta jogada de forma distinta por vários pontos do gramado. Assim, os jogadores do Corinthians definiram o estado do campo da Arena da Baixada onde neste domingo a equipe empatou por 1 a 1 contra o Atlético-PR .

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

Após o jogo, Leandro Castán, Fábio Santos e Alex reclamaram das condições oferecidas pelo time rival. "Nem na minha cidade, Jaú, tem um gramado tão ruim como esse. É brincadeira", disse Castán, lembrando da cidade onde iniciou a carreira atuando pelo XV de Jaú.

O lateral-esquerdo Fábio Santos, também criticou as condições do gramado. "O campo está muito castigado, com muitos buracos, desnivelado. Era até perigoso alguém sair machucado daqui", disse o jogador.

Já Alex, tentou não depositar toda a culpa pelo resultado no gramado. Mesmo assim, deixou clara sua insatisfação com o que viu em Curitiba. "Apesar do gramado, que não estava nada legal, fizemos um bom jogo. Mesmo naquelas condições, a gente ainda criou boas chances de marcar, mas não fomos felizes. Além do campo, faltou um pouco de capricho também", disse, que marcou seu primeiro gol pelo Corinthians, de pênalti.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.