Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corintianos pedem explicações a diretores sobre saída de William

Calada, cúpula corintiana não dá detalhes sobre demissão de gerente e jogadores têm de passar por saia justa

Bruno Winckler, iG São Paulo |

Em silêncio e escondidos da imprensa para não dar declarações sobre a saída prematura de William Machado da gerência de futebol do Corinthians, os dirigentes do clube fizeram os atletas passarem por uma saia justa nesta quarta-feira. Foram Fábio Santos e Morais que tiveram de responder às dúvidas suscitadas após a saída do agora ex-gerente de futebol. E desconfortáveis com a situação, pediram para que seja a diretoria a cobrada por dar explicações sobre o pedido de demissão de William.

"A gente tem que explicar sobre o que acontece no campo. Sobre o William quem tem que falar é a diretoria. São eles que tem que falar com vocês", disse Morais.

"Posso falar do William jogador, com quem joguei, como gerente, não muito. Ele estava tranquilo estes dias", completou o meia em entrevista coletiva.

Após insistência dos repórteres, Morais chegou a se irritar. "De William gerente não falo mais não. Por favor. É a diretoria que precisa falar", disse Morais.

Roberto de Andrade e Duílio Monteiro Alves, diretores de futebol, não se pronunciaram sobre a desavença que culminou na saída do atleta. Tudo que o Corinthians fez após a saída de William foi divulgar uma nota no site oficial de seis linhas pouco conclusivas agradecendo a "dedicação" de William que não ficou nem um mês no cargo.

Fábio Santos, também recém chegado ao clube, se manteve alheio à polêmica. "É uma coisa natural cada vez mais freqüente no futebol. Acontece com jogadores, com treinadores, gerentes, enfim, sempre vai ter esse tipo de saída. Mas dentro de campo não interfere em nada", disse o lateral-esquerdo, esperançoso que a diretoria se pronuncie para livrar, ele e o grupo, das perguntas que ninguém quer responder. "A diretoria vai se pronunciar depois pra deixar a gente se livrar disso. Não é nossa função. Temos que nos preocupar com o que acontece no campo", disse Fábio Santos, mal sabendo que a atual diretoria se esquiva de esclarecer polêmicas dos bastidores do clube.

Leia tudo sobre: corinthianswilliam machado

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG