Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corintianos exaltam dor e sacrifício no caminho para o título

Líderes por 27 rodadas, corintianos valorizam a entrega do time ao longo do Campeonato Brasileiro

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O Corinthians foi campeão brasileiro antes mesmo do apito final no Pacaembu. O empate entre Flamengo e Vasco, sacramentado ainda com a bola rolando em São Paulo já era suficiente. Os jogadores se seguraram para vibrar, mas quando Wilson Luiz Seneme decretou o final do jogo não havia mais razão para segurar o grito de campeão.

Leia também: Corinthians empata contra o Palmeiras e conquista o penta brasileiro

Corinthians campeão!: Veja página especial com os jogadores e pôster

“Foi muito sofrido, foi muito difícil. Mas eu sempre falava que o sacrifício ia valer a pena. Somos campeões. O grupo está de parabéns. É uma alegria indescritível”, disse o atacante Liedson, autor de 12 gols na campanha do melhor time do Brasil.

null

Enquanto os jogadores davam a volta olímpica, alguns pararam para falar com os repórteres de rádio. E a dor e o sacrifício de alguns foram exaltados. “Esse time tem alma. Tem alma de campeão. Mas para ser campeão dói. Agora é comemorar uns três dias sem parar”, disse o zagueiro Paulo André.

O meia Alex não fugiu do discurso. “Foi muita coisa ao longo do ano. Muita turbulência apesar de ter ficado 27 rodadas na liderança. Quem machucou saiu e tinha alguém bem para entrar e todos se doaram e se sacrificaram. A gente fica feliz por essa festa de todos. A gente passou pela parte boa e ruim e, claro, parabéns pra diretoria que montou esse grupo”, disse Alex.

Leia tudo sobre: corinthiansbrasileirão 2011liedsonalexpaulo andré

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG