José Maria Marín, vice da CBF, foi flagrado embolsando medalha do goleiro campeão

Corinthians foi campeão da Copinha na quarta-feira
Futura Press
Corinthians foi campeão da Copinha na quarta-feira
A Federação Paulista de Futebol (FPF) reparou seu erro ao enviar uma medalha de campeão da Copa São Paulo Júnior para o goleiro corintiano Matheus, que acabou ficando sem o objeto durante a premiação no Pacaembu, após a vitória do Corinthians sobre o Fluminense na quarta-feira. A entidade alega que houve "erro de cálculo".

Leia também: Dirigente da CBF é flagrado embolsando medalha em premiação

No entanto, o presidente em exercício da CBF, José Maria Marín, foi flagrado pelas câmeras de TV colocando uma medalha no bolso. A FPF nega que o dirigente tenha cometido um furto e garante que já estava definido que ele ficaria com o "presente".

A assessoria de imprensa da Federação não explicou a razão de destinar uma das medalhas a Marín, que não tem nenhuma ligação com o Corinthians. O clube, por sinal, nem precisou solicitar o prêmio de seu jovem goleiro, já que a própria entidade percebeu o erro e teve pressa para corrigir.

"Enrolei e guardei. Se eu ponho no pescoço, iriam falar: 'Esse cara não disputou (a final) e não é dirigente do Corinthians nem do Fluminense", disse Marin, ao jornal "Folha de S. Paulo".

Entre para a torcida virtual do Corinthians e ajude a equipe a se manter no topo do ranking

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.