Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians x Brasil pode ser uma das despedidas de Ronaldo

Atacante atuaria meio tempo por cada time. Outro jogo reuniria no Brasil amigos do craque, como Beckham e Zidane

Marcel Rizzo, iG São Paulo |

Ronaldo vai se dedicar agora a gerenciar sua agência 9ine, que cuidará da carreira de esportistas, lançará uma fundação, a “Criando Fenômenos” e será embaixador corintiano, participando de eventos pelo menos até dezembro de 2011. E até o fim do ano devem acontecer dois jogos despedida. Pelo menos esse é o desejo do clube, que pretende associar ao máximo sua imagem ao final da carreira do atacante. O iG apurou que um desses jogos poderá ser um Corinthians x seleção brasileira.

“Quero marcar um jogo para junho ou julho, com alguns amigos. Nada ainda definido, preciso pensar bem em como fazer esse jogo”, disse Ronaldo durante sua entrevista coletiva de despedida, nesta segunda-feira, no Centro de Treinamento do Parque Ecológico.

Além de uma partida com amigos do futebol, a diretoria do Corinthians pretende procurar a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para sugerir um amistoso entre o clube e a seleção brasileira, no estádio do Pacaembu. A ideia é que Ronaldo jogue um tempo por cada time. O presidente corintiano Andres Sanchez, que tem um ótimo relacionamento com Ricardo Teixeira, presidente da CBF, deve propor o assunto nos próximos dias.

O problema é encontrar um período para realizar o duelo, já que teria que ser fora das datas Fifa (quando a seleção pode reunir seus principais jogadores). Provavelmente o time do Brasil seria formado por atletas que atuam no país. Em abril de 2005, Romário se despediu em amistoso contra a Guatemala, em São Paulo, com uma seleção "nacional".

Getty Images
Ronaldo em sua última partida pela seleção brasileira, na derrota para a França na Copa de 2006


Teixeira e Ronaldo fizeram as pazes no meio de 2010, durante aniversário de J Hawilla, dono da agência de marketing esportivo Traffic. O anfitrião e Sanchez aproximaram os então desafetos, que conversaram e acertaram ponteiros depois da Copa do Mundo de 2006, quando o Brasil fracassou e abalou a relação de ambos.

A derrota por 1 a 0 para a França em 1 de julho de 2006 foi a última partida de Ronaldo pela seleção. Maior artilheiro das Copas do Mundo, com 15 gols em quatro mundiais (três jogando, já que em 94 fez parte do elenco, mas não entrou em campo), o centroavante fez 62 gols em 97 partidas. A assessoria da CBF não atendeu para responder se planeja um jogo de despedida.

Amigos

Inicialmente, Ronaldo quer usar o período de férias no futebol europeu para convidar astros que atuaram com ele para participar de uma partida beneficente no Brasil. O atacante chamaria David Beckham , Zinedine Zidane e outros que atuaram com ele no Real Madrid, Inter de Milão, Barcelona, Milan e PSV.

Como manterá contrato comercial com o Corinthians até dezembro, como revelou o iG no domingo , o jogo pode ser um Corinthians x amigos do Ronaldo ou seleção do mundo, também no Pacaembu. O certo é que o craque deve fazer sua despedida jogando com a camisa corintiana.

Leia tudo sobre: selecao brasileiracorinthiansronaldo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG