Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians vence o Americana e segue na cola do São Paulo

Com gol do atacante Liedson, time comandado por Tite venceu e segue empatado cm pontos com o líder da competição

Gazeta |

nullAo contrário do rivais Santos e Palmeiras, que não conseguiram vencer seus adversários na 14ª rodada, o Corinthians fez 1 a 0 no Americana neste domingo, no Pacaembu. O artilheiro Liedson marcou o gol e manteve o time na briga pela primeira posição.

Com a vitória, o Corinthians tem os mesmos 31 pontos do São Paulo, que venceu neste domingo o Prudente e se manteve na liderança da competição, devido aos critérios de desempate. O Palmeiras soma 29, e o Santos ficou com 28. Já o Americana, sensação do Estadual nas primeiras rodadas, segue com 16 e não está nem mais na zona de classificação à próxima fase.

Antes de fazer confronto direto com o São Paulo, na Arena Barueri, o Corinthians entrará em campo nesta quarta-feira, novamente no Pacaembu. O adversário será o Oeste. O Americana do técnico Toninho Cecílio tentará reagir diante do Mirassol, no mesmo dia, outra vez fora de casa.


O jogo
Os jogadores do Corinthians entraram em campo com seus nomes escritos em japonês nos uniformes, para homenagear as vítimas dos desastres naturais no Japão. Mas o técnico Tite reprimiu a paciência oriental diante do Americana. Em pé à beira do gramado, ele berrava para o time não dar espaços aos visitantes.

O Corinthians obedeceu. Os donos da casa corriam mais do que uma faixa com a imagem de Ayrton Senna em um carro de Fórmula 1, passada de mãos em mãos nas arquibancadas verde e amarela do Pacaembu. Até o atacante Liedson aparecia constantemente na defesa para ajudar a marcação corintiana.

No início da partida, o Americana deu motivos para o Corinthians se preocupar defensivamente. Embora tenha escalado a sua equipe com três zagueiros e apenas um atacante, o técnico Toninho Cecílio prometeu surpreender o oponente à base de "coragem". Seus atletas corresponderam com uma série de levantamentos na área.

O Corinthians conteve o ímpeto do Americana logo aos nove minutos de jogo. O volante Paulinho arriscou um belo chute de fora da área, e o goleiro Jaílson deu rebote. Oportunista, Liedson empurrou a bola para as redes e abriu o placar no Pacaembu. Foi o nono gol do artilheiro corintiano desde o retorno ao Parque São Jorge.

Empolgado pela vantagem no marcador, o Corinthians passou a dominar a partida. O que não significava facilidade. O time mandante finalizava pouco e não podia se descuidar com os ataques do Americana. Apesar de o experiente Fumagalli, ex-corintiano, pecar pelos passes e chutes errados.

AE
Liedson comemora seu gol com o lateral Alessandro

O começo do segundo tempo deixou a impressão de que as dificuldades para o Corinthians aumentariam. Em menos de dois minutos, Paulinho errou um lançamento e Chicão furou a bola. Com o tempo, no entanto, a equipe de Tite se acertou e voltou a incomodar a zaga do Americana.

Morais, com bons lançamentos e conclusões de longa distância, era quem melhor conduzia o Corinthians à frente. Bruno César se inspirou no bom momento do companheiro e também passou a arriscar de fora da área. Quando a bola chegava mais próxima do gol, Liedson estava a postos para completar as jogadas.

Para reverter o panorama da partida, Toninho Cecílio fez duas substituições de uma vez no Americana. Trocou Lúcio Flávio e Sandro por Jhon e Rafinha. Tite respondeu com o peruano Cachito Ramírez e Willian nos lugares de Bruno César e Dentinho, que não foi tão produtivo para o Corinthians neste final de semana.

O Americana até reagiu na partida, porém de maneira desorganizada. O Corinthians soube administrar o resultado até o apito final, enquanto a sua torcida passava a esquentar o clássico do próximo final de semana, diante do São Paulo, com os gritos: "Vai pra cima delas, Timão, da b...!".

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG