Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians vence a Portuguesa em dia inspirado de Roberto Carlos

Lateral esquerdo começa jogada que abriu o placar e ampliou a vantagem com gol olímpico no Pacaembu

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O Corinthians não precisou se esforçar para vencer sua partida de estreia no Paulistão. Com facilidade, o time de Tite venceu a Portuguesa por 2 a 0 com gols de Paulinho e Roberto Carlos e garantiu três pontos no primeiro jogo oficial de 2011. O lateral esquerdo, aliás, foi o destaque do jogo, com participação no primeiro tento e com o gol olímpico que consolidou a vitória.

No primeiro tempo, os donos de casa dominaram completamente o rival. A Portuguesa pouco fazia para incomodar Júlio César, que quase não trabalhou na etapa inicial. Enquanto isso, aproveitando a falta de forma tática e técnica, o Corinthians abriu o placar aos 11, com belo chute de Paulinho em jogada que começou com Roberto Carlos e passou por Bruno César. Oito minutos depois, o mesmo lateral esquerdo aproveitou a bobeira da zaga lusitana e de Weverton para ampliar a vantagem.

nullNa etapa final, a Portuguesa melhorou um pouco. Levou duas vezes perigo ao gol de Júlio César em jogadas que saíram dos pés de Dodô e Paulo Sérgio. Duas chances claras de gol, que foram desperdiçadas e deixaram o time do Parque São Jorge com a vitória garantida. Gláuber ainda quase descontou, aproveitando bobeira de Julio César, mas Ralf tirou a bola em cima da linha

Na próxima rodada, o Corinthians joga contra o Bragantino às 22h de quarta-feira. A Portuguesa joga na quarta-feira, às 17h, contra o Oeste no Canindé.

O jogo

A primeira boa chance do Corinthians já foi transformada em gol. Aos 11 minutos, Paulinho recebeu belo passe de Bruno César na entrada da área e tocou com classe no canto direito de Weverton, para a alegria dos donos da casa.

Sete minutos depois, Dentinho tentou fazer um gol de placa, de bicicleta, logo após cruzamento de Moacir. A torcida já se levantava para comemorar o gol de placa. E nem deu tempo para sentar. No lance seguinte, em cobrança de escanteio, Roberto Carlos fez um belíssimo gol olímpico, ampliando a vantagem corintiana e aproveitando a bobagem de Weverton, o goleiro da Portuguesa.

nullAos 24 minutos, a primeira boa chance dos visitantes saiu de uma bobeira de Jucilei. O volante deixou as bolas no pé de Ademir Sopa, que saiu cara a cara com Júlio César, mas errou na hora de finalizar, colocando a bola por cima do gol. Dodô, livre para receber o passe, não conseguiu parar de reclamar.

A resposta corintiana não demorou para acontecer. Aos 27, Ronaldo deu uma caneta em Ferdinando, ajeitou o corpo para bater, mas acertou a marcação, ganhando só o escanteio. A poucos minutos do fim, um bate-rebate ainda chegou a animar a torcida corintiana, com direito até a toque na trave, mas a bola acabou afastada pela zaga da Lusa.

No segundo tempo, a Portuguesa começou melhor, mas não tinha qualidade o suficiente para concluir ao gol. Depois de muito insistir, a primeira chance foi acontecer só aos 20 minutos, após o juiz marcar infração de Júlio César dentro da área. Na batida em dois lances e de dentro da área, Paulo Sérgio errou o alvo. No lance seguinte, foi a vez de Dodô sair cara a cara com o goleiro corintiano e desperdiçar a chance.

Sérgio Guedes bem que tentou mudar a história do jogo. Vendo que seu time estava melhor, colocou Luís Ricardo e Kempes nos lugares de Héverton e Ivo. Mas pouco adiantou. Gláuber quase aproveitou a bobeira de Júlio César para descontar, mas viu Ralf tirar de cabeça em cima da linha. E foi só.

AE
Ronaldo comemora com ROberto Carlos o gol olímpico do lateral na partida
FICHA TÉCNICA - CORINTHIANS 2 X 0 PORTUGUESA

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 16 de janeiro de 2011, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: David Botelho Barbosa e Maiza Teles Paiva (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Edson Reis Pavani Júnior e Ilbert Estevam da Silva (ambos de SP)
Cartões amarelos: Paulo Sérgio (POR)
Público: 24 975 no total (22.472 pagantes)
Renda: R$ 699.572,50

GOLS
CORINTHIANS:
Paulinho, aos 11 minutos do primeiro tempo, Roberto Carlos, aos 19 minutos do primeiro tempo

CORINTHIANS: Julio Cesar; Moacir, Chicão, Leandro Castán e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Paulinho e Bruno César (Morais); Dentinho (Danilo) e Ronaldo (Edno).
Técnico: Tite

PORTUGUESA: Weverton; Paulo Sérgio, Maurício, Preto Costa e Fabrício; Ademir Sopa (Marcelo Cordeiro), Ferdinando,  Glauber e Ivo (Kempes); Héverton (Luis Ricardo) e Dodô
Técnico: Sérgio Guedes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG