Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians tem paciência para aguardar resposta de Seedorf

"Ele pediu um tempo para pensar, mas não há nenhum prazo", afirmou o gerente de futebol Edu Gaspar

Gazeta |

A diretoria do Corinthians aguarda pacientemente uma resposta para a proposta que enviou para o meia holandês Clarence Seedorf , do Milan. Como se trata de um jogador renomado e com ofertas de outros clubes, o gerente de futebol Edu Gaspar não apressa a negociação.

Getty Images
Seedorf faz neste domingo o último jogo pelo Milan no Italiano

"Ele pediu um tempo para pensar, mas não há nenhum prazo. Deixamos o Seedorf à vontade para tomar uma decisão tranquila. Por enquanto, a situação não mudou", comentou o dirigente, confiante em convencer Seedor a rumar para o Parque São Jorge. "Ele está sabendo da nossa proposta. Tivemos uma conversa com o atleta, que está contente com o que oferecemos."

Siga o Twitter do Corinthians no iG Esporte

O convite para Seedorf se transferir para o Corinthians partiu inicialmente do ex-atacante Ronaldo, hoje empresário de marketing esportivo, com quem ele jogou no futebol europeu. O holandês é casado com uma brasileira, possui residência no Rio de Janeiro e fala português fluentemente. Botafogo e Flamengo também se mostraram dispostos a contratá-lo.

Ao falar sobre os volantes Cristian e Fábio Simplício, Edu Gaspar não demonstrou o mesmo entusiasmo de quando citou Seedorf. As dificuldades dessas transações desanimam o dirigente. O ex-corintiano é considerado "um sonho antigo", mas não deve ser liberado pelo Fenerbahce para retornar ao Brasil. Já o ex-são-paulino "foi apenas um nome que surgiu" e ainda tem mais dois anos de contrato com a Roma.

Até o momento, o Corinthians contratou os seguintes reforços para o Campeonato Brasileiro: o meia Alex (Spartak Moscou), o atacante Emerson (sem clube após ser dispensado pelo Fluminense), o lateral direito Weldinho (Paulista de Jundiaí) e o volante Edenilson. Para Edu Gaspar, o elenco estará forte para a sequência da temporada.

"A diretoria vê um grupo montado no Corinthians. Temos uma base bastante sólida. Podemos trazer mais dois ou três jogadores experientes e de alto nível, como foi o caso do Alex, mas não vejo um plantel ruim. Estaremos cada vez mais fortes", garantiu o gerente de futebol.

Leia tudo sobre: corinthiansseedorfmercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG