Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians sofre, mas vence Oeste e espera Palmeiras ou Mirassol

Apesar da superioridade clara e domínio da posse de bola, time teve dificuldades para se classificar

Levi Guimarães, iG São Paulo |

nullO sofrimento contra o Oeste não chegou a ser tanto para entrar na história de vitórias suadas do Corinthians. Mas esteve presente pelo menos até os 20 minutos do segundo tempo na apertada vitória por 2 a 1 do time do Parque São Jorge na noite deste sábado. Com a vitória, os comandados do técnico Tite garantiram a vaga nas semifinais do Campeonato Paulista no próximo fim de semana.

Siga o iG Corinthians no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real.

Depois de abrir o placar com Liédson, logo aos nove minutos do primeiro tempo, os donos da casa viram o Oeste empatar com Fábio Santos já nos acréscimos. O “acidente” fez com que o Corinthians voltasse mais ligado na etapa final e, depois de uma sequência de chances perdidas e ótimas defesas do goleiro Fábio, o time finalmente voltou a ficar na frente com um golaço de Willian, que havia substituído Dentinho.

Com a classificação, o Corinthians agora aguarda para saber quem será seu adversário na semifinal do Paulistão. O rival sai do confronto deste domingo entre Palmeiras e Mirassol, que acontece também no Pacaembu. Sem outras competições em disputa, o técnico Tite tem toda a semana apenas de treinos para preparar a equipe.

Futura Press
Bruno César perdeu chances de gol no jogo
O jogo
Quem começou a partida assustando foram os visitantes. Aos quatro minutos, o lateral-esquerdo Fernandinho cobrou falta pela direita da grande área corintiana, a bola passou por toda a defesa e pelo ataque do Oeste e exigiu boa defesa do goleiro Júlio César. Na sequência do lance o Corinthians respondeu com um bom contra-ataque. Dentinho chegou à linha de fundo e cruzou para a área, mas a zaga afastou antes que Bruno César conseguisse chutar.

A equipe do interior, porém, não conseguiu resistir por muito tempo. Já aos nove minutos o Corinthians abriu o placar. Após lance no meio de campo em que os visitantes pediram falta, Bruno César tocou para Dentinho, o atacante deu de letra para Paulinho e o volante lançou Liédson, que tocou com categoria na saída do goleiro Fábio. Com o gol, o camisa 9 se isolou na artilharia do Paulistão e voltou a marcar depois de um mês de jejum.

Autor da assistência no gol de Liédson, Paulinho voltou a se destacar aos 17 minutos, quando recebeu lançamento de Bruno César na esquerda e cruzou para Fábio Santos. O lateral-esquerdo, porém, chutou muito mal, por cima do gol.

Precisando buscar o resultado, o Oeste tentava ir pra cima, mas não conseguia criar chances reais de ameaçar Júlio César, parando sempre no bom posicionamento da defesa corintiana. Os anfitriões, por sua vez, pareciam mais próximos de marcar o segundo do que sofrer o gol de empate.

Aos 28, após confusão na área, Liédson passou para trás encontrando Bruno César. O camisa 10 chutou com o goleiro fora do gol, mas o zagueiro Adriano conseguiu afastar quase em cima da linha. O Corinthians voltou a ter boas chances aos 34, com Jorge Henrique, em chute que saiu à esquerda, e aos 37, novamente com Liédson, que saiu na cara de Fábio, mas chutou em cima do goleiro.

O que parecia fácil para o Corinthians, porém, se complicou nos acréscimos da etapa inicial. Aos 46 minutos, Fábio Santos se aproveitou de falha do meio de campo do Corinthians após cobrança de tiro de meta e acertou belo chute da entrada da área, marcando o gol que levou o jogo empatado para o intervalo.

Na segunda etapa, os dois times voltaram sem alterações, mas logo aos sete minutos Tite foi obrigado a substituir Dentinho, com uma indisposição, por Willian. E aí começou um verdadeiro massacre dos donos da casa. Alessandro acertou dois bons chutes de dentro da grande área, mas o primeiro, aos oito minutos, foi defendido por Fábio e o segundo, aos nove, bateu no zagueiro Cris.

Nos minutos seguinte, o goleiro Fábio seguiu se destacando. E tendo sorte. Após boa jogada pela direita, Willian cruzou, a bola passou por toda a pequena área sem que ninguém a alcançasse e Liédson se esticou com um carrinho, mas também não conseguiu alcançar. Aos 13, a chance mais incrível. Liédson chutou forte da esquerda, Fábio defendeu bem, mas espalmou para o meio da área. Bruno César chutou com o goleiro caído, mas a defesa conseguiu salvar o Oeste mais uma vez.

Somente aos 20 minutos a pressão deu resultado. E com um golaço justamente do substituto de Dentinho, Willian. O atacante deu o drible da vaca em Paulo Miranda, invadiu a área e bateu forte, no ângulo esquerdo, sem chance de defesa para Fábio.

Com a vantagem no placar, o ritmo diminuiu, mas o Corinthians manteve domínio suficiente para chegar ao final do jogo sem novas ameaças. Danilo e Morais ainda entraram nos lugares de Jorge Henrique e Bruno César, respectivamente. O Oeste foi para cima com mais dois atacantes, Reinaldo e Mazinho, mas dessa vez não conseguiu marcar nos minutos finais. 

FICHA TÉCNICA - CORINTHIANS 2 X 1 OESTE

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 22 de abril de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Sálvio Spínola Fagundes Filho
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Anderson José de Moraes Coelho
Assistentes adicionais: Robério Pereira Pires e Raphael Claus
Público: 28.025 pagantes
Renda: R$ 932.511,00
Cartões amarelos: Jorge Henrique, Willian (Corinthians); Adriano, Fábio Santos (Oeste)

GOLS:
Corinthians - Liédson, aos 9 minutos do primeiro tempo; Willian, aos 20 minutos
Oeste - Fábio Santos, aos 46 minutos do primeiro tempo

CORINTHIANS: Júlio César; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Bruno César (Morais) e Jorge Henrique (Danilo); Dentinho (Willian) e Liedson
Técnico: Tite

OESTE: Fábio; Adriano, Cris e Paulo Miranda; Dedê (Reinaldo), Dionísio, Márcio Passos (Mazinho), Roger e Fernandinho; Fábio Santos e Marino
Técnico: Luis Carlos Martins

Milton Trajano
O Corinthians escapou de ser a zebra temida por Tite

Leia tudo sobre: CorinthiansCampeonato Paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG