Equipe de Parque São Jorge possui cinco pontos no grupo 6, enquanto os mexicanos são os líderes, com sete

Paulinho volta à equipe após ser poupado contra o Comercial
AE
Paulinho volta à equipe após ser poupado contra o Comercial
A liderança do Grupo 6 estará em jogo nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), quando o Corinthians recebe no Pacaembu o mexicano Cruz Azul, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Como as duas equipes empataram sem gols na semana passada, a "decisão" ficou para o duelo na capital paulista. Com sete pontos, o Cruz Azul está em vantagem, mas o Corinthians , que tem cinco, aposta na força de sua torcida para assumir o topo e ficar bem perto da vaga para as oitavas de final - Deportivo Táchira, da Venezuela, e Nacional, do Paraguai, completam a chave."Eles virão um pouco mais fechados, recuados. E nós temos que manter a intensidade que tivemos lá, agredindo a equipe deles. Só não conseguimos fazer os gols, então agora temos que aproveitar aqui", analisou o volante Paulinho , mostrando ter aprovado a atuação brasileira na partida disputada na Cidade do México.

Leia mais: Corinthians tenta calibrar melhor a pontaria para vazar Cruz Azul

O técnico Tite também gostou do que viu. Apesar de ter afirmado logo depois do apito final que o setor ofensivo poderia ter sido mais efetivo, o comandante vai manter a formação utilizada no Estádio Azul, inclusive com o atacante Liedson, apesar do jejum de dez partidas sem gols do Levezinho.

"O caráter decisivo tem em todos os jogos, neste também. Quando os fatos são verdadeiros, não tem o que esconder. Mas, antes de tudo, é preciso ter desempenho, agredir a marcação, finalizar como finalizamos lá. Antes de pensar no resultado, temos que jogar bem, parecido com o que foi no México", discursou o comandante.

Confira ainda: Com time de pólo, Corinthians tenta expandir marca entre as elites

Alessandro, que está recuperado de lesão muscular, vai aprimorar a a forma física para estar apto no clássico de domingo, contra o Palmeiras, pelo Paulistão, e sequer ficará no banco. O dono da posição, mais uma vez, será o improvisado volante Edenílson. O atacante Willian também não estará entre os suplentes, já que a comissão técnica notou um "declínio técnico".

Tite dá instruções para os titulares na véspera do duelo contra o Cruz Azul
AE
Tite dá instruções para os titulares na véspera do duelo contra o Cruz Azul

Enrique Meza, técnico do time mexicano, também deve repetir a formação da semana passada. A única preocupação é quanto às condições físicas do meia Christian Giménez, o Chaco, um dos destaques do time. Ele sofreu uma lesão no ombro direito no fim de semana, mas garante que terá condições de jogar. "Não uso o ombro para jogar futebol. Uso os pés", disse, confiante.

Embora seja ponteiro do grupo na Libertadores, o Cruz Azul sofre para encontrar a regularidade. Assim como o Corinthians , tem revezado jogadores nas duas competições que disputa, mas sem tanto sucesso no Campeonato Mexicano, em que ocupa a nona posição, com 14 pontos em 11 rodadas. Na última delas, perdeu em casa para o Santos Laguna, por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS X CRUZ AZUL-MÉX

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 21 de março de 2012, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Martín Vázquez (Uruguai)
Assistentes: Mauricio Espinoza e Marcelo Costa (ambos do Uruguai)

CORINTHIANS: Julio Cesar; Edenílson, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Alex; Jorge Henrique e Liedson
Técnico: Tite

CRUZ AZUL: Corona; Flores, Pereira, Domínguez e Cortés; Castro, Giménez, Maranhão e Gutiérrez; Orozco e Villa
Técnico: Enrique Meza

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.