Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians quer fechar financiamento até junho para iniciar obra

Clube diz que têm toda questão legal regularizada e aguarda "o dinheiro" para começar, enfim, a construção

Bruno Winckler, iG São Paulo |

Depois de ter assinado um compromisso legal com o Ministério Público Estadual pela cessão do terreno de Itaquera, o Corinthians, por meio do diretor de marketing Luís Paulo Rosenberg, disse nesta quinta-feira que só falta o clube e a Odebrecht, construtora do projeto do Fielzão para a Copa de 2014, encerrarem os últimos detalhes do financiamento que vão solicitar junto ao BNDES, via Caixa Econômica Federal, para darem início às obras do estádio.

AE
Terreno onde será erguido o Fielzão, em Itaquera, era CT das categorias de base do Corinthians

“Não passa de junho. Tenho muita cautela para falar disso. Mas, depois de tantas coisas, tenho certeza de que no final do mês teremos tudo ajeitado”, disse Rosenberg, que no dia 15 de abril prometeu para maio o início das obras. “Uma semana, duas, não muda nada. A parte burocrática já foi resolvida e isso é mais importante neste momento”, despistou

Orçado em R$ 650 milhões – dos quais R$ 400 milhões serão financiados – o estádio do Corinthians, previsto para ser palco da abertura da Copa de 2014 já teve os mais diferentes prazos estipulados para o início das obras .

Mesmo com mais uma nova data para o início das obras sendo lançada no ar, segue mantido o prazo de conclusão: novembro de 2013. O estádio está descartado para receber a Copa das Confederações.

“Para ser sincero, estou tranquilo. Mas eu entendo a angústia de todos. Até por não haver outras opções, o nosso estádio será o estádio da Copa”, disse Rosenberg, que até cita Kaká para dar um exemplo do motivo de tantos ajustes no modelo de financiamento da obra.

“Estamos falando uma obra de cerca de R$ 700 milhões, qualquer mexida ou ajuste e eu posso economizar uns 35 milhões. Isso dá um Kaká”, brincou o dirigente, que sempre usa o jogador, revelado pelo São Paulo, como exemplo nas suas coletivas.

Leia tudo sobre: corinthianscopa 2014fielzão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG