Tamanho do texto

Eduardo marca dois e faz time do ABC entrar no G-8 do Paulistão no dia de apresentação de Adriano

O São Caetano voltou aos velhos tempos de incomodar os grandes e bateu o Corinthians em pleno Pacaembu por 2 a 1. Com dois gols de Eduardo , o time do ABC calou os mais de 18 mil torcedores presentes no estádio no mesmo dia em que Adriano foi apresentado de maneira discreta . Paulinho descontou para os donos da casa.

O São Caetano não dominou as ações no Pacaembu. Mas, apesar de não chegar tantas vezes com perigo ao gol, o time da região metropolitana de São Paulo foi mais eficiente e teve Eduardo como destaque na hora de finalizar e  Souza na hora de marcar. Do outro lado, Morais , Moradei e Ramírez foram muito mal. Os três, inclusive, foram substituídos. Bruno César , Danilo e Moacir  entraram para tentar mudar a história do jogo, mas não fizeram o suficiente.

nullO resultado faz o Corinthians brigar, no máximo, para ser 3º colocado. Com o resultado, o time do Parque São Jorge fica com 35 pontos e já não alcança mais São Paulo, que tem 40, e Palmeiras , que chegou aos 41 ( veja classificação completa ). O time ainda briga com o Santos , que também tem chances de ficar no último lugar do "pódio". Enquanto isso, o São Caetano vai para 26 pontos e ocupa a 8ª colocação.

O Corinthians enfrenta o Santo André no próximo domingo fora de casa. Já o São Caetano recebe o Linense para encerrar o Paulistão e tentar garantir vaga entre os oito. Todos os jogos da rodada serão disputados às 16h.

O jogo

     Os times ainda se ambientavam, quando Artur recebeu a bola em disparada pela direita e foi empurrado por Leandro Castán. O árbitro marcou pênalti e, aos 9 minutos do 1º tempo, Eduardo abriu o placar para o São Caetano. A resposta corintiana veio logo em seguida, com chute errado de fora da área de Paulinho.

O time do ABC era melhor. Com força nos desarmes no meio, principalmente com Souza, a equipe fazia o Corinthians pouco criar. Aos 20 minutos, novamente Eduardo ampliaria o placar se não estivesse em impedimento. Após passe de Antônio Flávio, ele dominou a bola e concluiu para o gol, sem chances para Júlio César. Detalhe é que o assistente já havia marcado posição irregular.

A torcida do Corinthians começava a se irritar com o time, especialmente com Moradei. Tite parece ter ouvido os gritos do Pacaembu e antes mesmo do fim do 1º tempo substituiu o jogador por Moacir para jogar pela direita. Foi, no entanto, pelo lado esquerdo que Willian fez boa jogada e achou Ramírez sozinho na área. O sul-americano, no entanto, errou a cabeçada para o desespero da torcida.

No segundo tempo, Tite resolveu melhorar a criação de sua equipe, colocando Bruno César no lugar de Ramírez. A troca melhorou a produção, mas não foi o suficiente. Tanto que aos 10 minutos, Eduardo deu uma caneta em Leandro Castán e colocou com classe no canto de Júlio César para ampliar o placar.

Poucos minutos depois de já ver seu time sofrer o gol, a torcida do Corinthians ainda precisou enfrentar a forte chuva que despencou no Pacaembu. A água até que acordou os jogadores, que passaram a sufocar o rival no seu campo, mas sempre errando na hora de finalizar ou até na hora de dar o último passe. Danilo, aos 25, acertou uma cabeçada muito forte e fez Luiz fazer excelente defesa.

Aos 36 minutos, Paulinho deu esperança para os corintianos balançando as redes. De fora da área, ele chutou, contou com o desvio de Augusto Recife e enganou o goleiro Luiz.

FICHA TÉCNICA - CORINTHIANS 1 X 2 SÃO CAETANO

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 10 de abril de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Robério Pereira Pires
Assistentes: Dante Mesquita Junior e Ricardo Busette
Assistentes adicionais: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza e Thiago Silva Egidio
Público : 17.260 pagantes (18.621 no total)
Renda: R$ 540.179,50
Cartões amarelos : Eduardo, Jean, Bruno, Souza e Luiz (SCA); Leandro Castán (COR)

GOLS
CORINTHIANS
: Paulinho, aos 36 minutos do 2º tempo
SÃO CAETANO : Eduardo, aos 9 minutos do 1º tempo e aos 10 minutos do 2º tempo

CORINTHIANS: Julio Cesar; Moradei (Moacir), Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Morais (Danilo) e Ramírez (Bruno César); Willian e Liedson
Técnico: Tite

SÃO CAETANO : Luiz; Jean, Thiago Martinelli e Anderson Marques; Artur, Augusto Recife, Souza (Erandir), Aílton e Bruno; Eduardo (Ricardo) e Antônio Flávio  (Renatinho)
Técnico: Ademir Fonseca