Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians nega corpo mole em 2009 e sugere que rivais tenham postura digna em 2010

Nas mãos de São Paulo e Palmeiras, que ainda enfrentam o líder Fluminense, Corinthians jura que não entregou jogo para o Flamengo no ano passado

Bruno Winckler, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861601590&_c_=MiGComponente_C

No dia 30 de novembro de 2009, o Fiel, jornal oficial e institucional do Corinthians, trazia a manchete Doce derrota na sua primeira página. Fazia referência à derrota do dia anterior sofrida pelo Corinthians para o Flamengo por 2 a 0, o que deixou o time carioca mais perto do título brasileiro e diminuiu as chances de os rivais Palmeiras e São Paulo ficarem com a taça.

Quase um ano depois, Palmeiras e São Paulo têm a possibilidade  de prejudicar o Corinthians na luta pelo título. Basta não se esforçarem para bater o Fluminense nesta reta final do Brasileiro. O assunto é tratado com insatisfação pelo técnico Tite e alguns jogadores do clube, que não acreditam em corpo mole por parte dos rivais como resposta à eventual falta de compromisso exibida pelo próprio Corinthians há um ano.

Reprodução
Capa do jornal "O Fiel", de novembro de 2009, sobre a derrota do Corinthians para o Flamengo

"Tocar nesse assunto me chateia. Julgar o presente já é difícil. Se você ficar olhando pra trás e julgar é muito mais difícil. Gosto de olhar só para o campo, para o meu time. O resto vocês que julguem. O lado humano do jogo é uma coisa boa para explorar e colocar para fora e é isso que pretendo fazer. Eu não quero dar mensagem nenhuma. Respeito cada conduta, as entidades, mas vou focar no meu trabalho, disse Tite.

Sem pretensões maiores no Brasileiro, São Paulo e Palmeiras recebem o Fluminense na antepenúltima e penúltima rodadas respectivamente. "Para mim isso é papo de botequim, para torcedores discutirem, para vender jornal. Há a integridade dos profissionais do outro lado e é nisso que prefiro pensar".

O lateral-esquerdo Roberto Carlos acredita também que minimizar a discussão nesta reta final à possibilidade de Palmeiras e São Paulo facilitarem a vida do clube carioca para prejudicar o Corinthians desmerece o campeonato. Acredito que todos entram em campo para vencer. É ruim pensar que este ou aquele clube vai entregar um jogo para prejudicar alguém. É difícil isso acontecer, disse o lateral, que ainda não estava no clube no ano passado e não participou da partida contra do Flamengo.

O volante Elias também acredita em comprometimento dos rivais contra Fluminense. Para ele, por mais que as chances de título e de conquistar uma vaga na Libertadores sejam pequenas, os dois times precisarão da vitória contra o rival corintiano ao título para manterem vivas as chances. São Paulo e Palmeiras têm 50 pontos e estão cinco atrás do Botafogo, última equipe do G-4.

Eles têm os interesses deles no campeonato e acho que vão entrar para ganhar. É uma coisa que não depende da gente e por isso acho que são eles que tem de falar sobre isso. Nós temos que ganhar nossos jogos. É essa nossa maior preocupação hoje, disse Elias, que estava naquele time que perdeu para o Flamengo no Brinco de Ouro, em Campinas, local da partida.

"Não entregamos aquele jogo. Não existiu isso. Quem acompanhou o jogo viu que o resultado foi normal. O Flamengo estava em ótima fase e nós até conseguimos jogar bem boa parte do jogo. Não teve essa de entregar jogo".

Péssimo rendimento nas rodadas finais
O Corinthians era 10º colocado do Brasileirão quando enfrentou o Flamengo de 2009, com 49 pontos. Como já estava classificado para a Libertadores do ano seguinte, jogou as últimas partidas daquele ano com o freio de mão puxado. Até por isso não teve um aproveitamento muito bom nesses jogos. Por exemplo, na partida anterior ao duelo contra o Flamengo, com seu time principal, o Corinthians perdeu para o virtual rebaixado Náutico por 3 a 2, no Pacaembu. Nas 10 partidas que antecederam o duelo "decisivo" com o Flamengo, foram três derrotas em casa. Além do Náutico, o Corinthians perdeu também para Cruzeiro e Atlético-PR no Pacaembu.

O Corinthians nas 12 últimas rodadas do Brasileiro de 2009
Corinthians 1 x 3 Atlético-PR
Fluminense 1 x 1 Corinthians
Corinthians 2 x 1 Grêmio
Sport 2 x 0 Corinthians
Corinthians 0 x 1 Cruzeiro
Vitória 0 x 1 Corinthians
Corinthians 2 x 2 Palmeiras
Corinthians 2 x 0 Santo André
Avaí 3 x 1 Corinthians
Corinthians 2 x 3 Náutico
Corinthians 0 x 2 Flamengo
Atlético-MG 0 x 3 Corinthians

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG