Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians marca dois nos acréscimos e fica no 3 a 3 com o Comercial

Time faz três gols pela primeira vez no ano, mas defesa falha e deixa a liderança para o Palmeiras

iG São Paulo |

A melhor defesa do Campeonato Paulista falhou e o Corinthians precisou se superar para deixar Ribeirão Preto com um empate heróico contra o Comercial, neste domingo. Perdendo por 3 a 1 até os 44 minutos do segundo tempo, o time do Parque São Jorge que só havia sofrido seis gols em 13 jogos, viu o pior time do Paulistão marcar três vezes. Mas Gilsinho e Ramon, heróis improváveis de de um time recheado de reservas, marcaram os gols que deixam o Corinthians um ponto atrás do Palmeiras, na ponta da tabela. O São Paulo, que venceu o Santos , tira a vice-liderança do Corinthians no saldo de gols.

Veja a classificação completa do Campeonato Paulista e os próximos jogos do torneio

Pela primeira vez no ano o Corinthians deixou um jogo com mais de três gols marcados, o saldo teria sido melhor se a defesa não tivesse falhado nos dois últimos gols do Comercial. O time agora tem 19 gols pró contra nove gols contra. A defesa ainda é a melhor do torneio, mas o ataque é o segundo pior entre os 11 primeiros colocados.

O Campeonato Paulista tem servido apenas para Tite observar jogadores reservas e potenciais titulares que por lesão ou por um mau momento técnico perderam espaço. Contra o Comercial, o treinador pôde ver que Emerson “Sheik”, que apesar de uma lesão crônica no púbis tem conseguido jogar nos últimos jogos e pode ser melhor aproveitado nos compromissos mais importantes do time neste primeiro semestre. Ele foi o melhor do time da capital.

Na quarta-feira os titulares do Corinthians voltam a ser escalados, desta vez pela Libertadores . O time tentará tomar a liderança do grupo 6 do torneio contra o Cruz Azul, no Pacaembu. Na próxima rodada do Paulistão a briga também valerá a ponta da tabela. O Corinthians receberá o Palmeiras para o último clássico da fase de classificação do Estadual. Já o Comercial joga contra a Portuguesa no Canindé.

Veja as fotos da partida eletrizante entre Comercial e Corinthians

O jogo
No primeiro tempo da partida disputada sob forte calor no Estádio Palma Travassos o Corinthians, mesmo com reservas, não teve dificuldade de se impor contra o lanterna do Paulistão. E Emerson foi logo criando as melhores chances do jogo. Aos 17 e aos 19, o “Sheik” mandou a bola no travessão de Alex. Primeiro após aproveitar passe de Willian na grande área. Depois, aos 19, ele arrancou do campo de defesa e sem rivais pela frente chegou à área mandando a bola na trave mais uma vez.

O forte calor fez com que o árbitro Alessandro Darcie parasse o jogo na metade do primeiro tempo. Depois da parada, o Comercial foi melhor. Tanto que não demorou para assustar o Corinthians. Aos 25, Elionar Bombinha cabeceou no travessão. O atacante, aos 31, foi o pivô na grande área e rolou para Elton, de fora da área, acertar um belo chute no canto esquerdo de Danilo Fernandes.

Gazeta Press
Emerson, que acertou a trave duas vezes, foi o melhor corintiano. Ele marcou de pênalti
O Corinthians empatou logo depois, aos 35, com Emerson. Ele bateu pênalti com precisão no canto direito do gol do Comercial. No lance que originou a cobrança, Fabão derrubou Elton na grande área.
Na volta do intervalo o Corinthians não conseguiu ter o mesmo início de jogo que tivera no primeiro tempo. Apesar de maior posse de bola, a defesa formada pelos garotos, Gomes Antônio Carlos e Marquinhos não conseguiu parar a jogada área do Comercial. Aos quatro minutos o volante não conseguiu cortar cruzamento de escanteio e Fabão marcou o segundo do Comercial.

O time reserva do Corinthians, que havia vencido o São Caetano, perdido para o Santos e empatado contra o Guarani não se achou no segundo tempo. Desorganizado e com Douglas muito mal na criação de jogadas, o time só assistiu o Comercial que entrou em campo com o pior ataque do Paulistão. Em 13 rodadas, o time havia feito 10 gols. E o terceiro gol do time de Ribeirão Preto nasceu de nova lambança da defesa corintiana.

O Corinthians, que tinha sofrido apenas seis gols em 13 jogos, viu aos 31 minutos, após cruzamento da esquerda, o lateral direito Marcelo Ferreira entrar livre e chutar fraco. Marquinhos tentou afastar, mas a bola voltou para o lateral que só tocou para o gol vazio.

Quando o Comercial já comemorava a vitíoria, que seria a terceira do Paulistão, o Corinthians achou um gol com Gilsinho, aos 44. Ele que entrara no lugar de Ramírez cinco minutos antes, aproveitou escanteio de Vitor Junior e diminuiu. Já nos acréscimos, após outro cruzamento, o goleiro Alex falhou e deixou a bola para Ramon marcar.

FICHA TÉCNICA - COMERCIAL 3 x 3 CORINTHIANS
Local: Estádio Dr. Francisco de Palma Travassos, em Ribeirão Preto (SP)
Data: 18 de março de 2012, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Alessandro Darcie
Assistentes: Caio Mesquita de Almeida e Humberto Lellis Talarico Leite
Adicionais: Philippe Lombard e Fabio de Jesus Volpato Mendes

Cartões Amarelos: Marcel, Fabão, Leandro, Ricardo Conceição (COM); Ramon (COR)

Gols: Elton, aos 29 e Emerson, de pênalti, aos 35 minutos do 1º tempo. Fabão, aos 4, Marcelo Ferreira, aos 31, Gilsinho aos 44 e Ramon, aos 47 minutos do 2º tempo

COMERCIAL: Alex; Rafael Tavares, Fabão e Marcel; Marcelo Ferreira, Ricardo Conceição, Élton, Marcelo Labarthe (Jordã) e Wellington; Leandro (Enílton) e Elionar Bombinha (Rodrigo Costa). Técnico: Geninho

CORINTHIANS: Danilo Fernandes; Welder, Marquinhos, Antônio Carlos e Ramon; Gomes, Ramírez (Gilsinho) e Douglas; Emerson, Willian (Vitor Junior) e Elton (Bill). Técnico: Tite

Leia tudo sobre: corinthianscomercialpaulistão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG