Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians faz sua parte e fica a um empate do título

Jogo contra o Figueirense termina com time paulista campeão, mas gol do Vasco nos acréscimos adia decisão

Bruno Winckler, enviado iG a Florianópolis |

nullNão foi em Florianópolis, mas o Corinthians está a um empate do título do Campeonato Brasileiro 2011. O time paulista venceu o Figueirense na tarde deste domingo no Orlando Scarpelli por 1 a 0, mas não contou com uma ajuda do Fluminense contra o Vasco. A vitória cruzmaltina por 2 a 1, com gol de Bernardo aos 45, mantém as duas equipes com chances de título.

Vitória deixa Corinthians a um empate do título. Veja como está a classificação do Brasileiro

O Corinthians era campeão quando o árbitro Wilton Pereira Sampaio apitou o final do jogo. Vasco e Fluminense empatavam por 1 a 1 com cinco minutos por jogar. Os jogadores reservas invadiram o campo pedindo calma aos companheiros informando que o jogo do Engenhão não havia acabado. Bernardo marcou para o Vasco e adiou a festa. "A gente fez nossa parte. Sofremos quatro minutos de espera, mas só depende da gente", disse o zagueiro Paulo André.

Leia também: Palmeiras bate São Paulo e complica rival na disputa por vaga na Libertadores

Agora, o Corinthians tem 70 pontos contra 68 do Vasco. Como o Corinthians tem 21 vitórias contra 19 do Vasco, se empatar com o Palmeiras, dia 4, no Pacaembu, o time será campeão. Uma derrota ou um empate do Vasco contra o Flamengo também são suficientes para que o Corinthians seja campeão.

Definição do título fica para rodada de clássicos. Comente

O jogo

Wellington Nem começou o jogo muito acionado pelos companheiros e não demorou para dar trabalho aos corintianos. Antes dos cinco minutos, o atacante, que é candidato à revelação do Brasileiro, sofreu quatro faltas. Quando não foi parado, passou fácil por Fábio Santos, cruzou e criou a primeira jogada de perigo, obrigando a zaga corintiana a trabalhar.

O Corinthians tentou equilibrar o jogo controlando a posse de bola, trocando passes na intermediária, sem pressa para chegar ao gol, mas tirando o ímpeto inicial do time da casa. O jogo passou a ficar muito truncado e o primeiro tempo passou com pouquíssimas chances claras. A maior delas partiu do lado do time da casa. Em falta aos 28 minutos, Julio Cesar bateu firme e acertou a trave.

O Corinthians teve apenas duas finalizações nos 45 minutos iniciais. Uma com Willian, em chute de fora da área para fora, e outra numa cabeçada sem direção de Paulo André. O primeiro tempo terminou com o Corinthians tendo a posse de bola (53% a 47%), mas cozinhando o jogo. Danilo foi mal e o time não criou nada. O meia sofreu na marcação e também abusou das faltas. Fez quatro no primeiro tempo e recebeu um cartão amarelo que o tira do jogo contra o Palmeiras, assim como o volante Ralf.

No intervalo, para tentar mudar o cenário, Tite trocou Willian por Alex. A alteração não surtiu efeito imediato, mas quando aos 15 minutos, Danilo saiu para a entrada de Jorge Henrique, o time passou a jogar no esquema que deu ao time a melhor campanha no início do campeonato, um 4-3-3 com os atacantes mais abertos.

Mais presente no campo de ataque, o Corinthians chegou ao gol da vitória após lance infeliz do volante Coutinho, que perdeu a bola para Alex. O meia partiu para a linha de fundo e cruzou para Liedson, livre, marcar de cabeça seu 12º gol no campeonato. O relógio marcava 23 minutos.

O gol deu ao Corinthians uma tranquilidade para voltar a impor o estilo de jogo como fizera no início do jogo. Cadenciado, tocando de lado, o time paulista esperou o Figueirense e segurou bem os avanços do time da casa. Aos 35 minutos, Tite sacou Emerson e optou por Edenílson para tentar segurar o jogo.

Com o jogo controlado, o Corinthians esperava apenas por boas notícias do Rio de Janeiro. Porém, não foi o que aconteceu. O Vasco fez 1 a 0 no Fluminense e o resultado adiou a definição do campeonato para a última rodada.

FICHA TÉCNICA – FIGUEIRENSE 0 x 1 CORINTHIANS

Estádio: Orlando Scarpelli, Florianópolis (SC)
Data: 27 de novembro de 2011, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Wilson Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: Erich Bandeira (FIFA-PE) e Roberto Braatz (FIFA-PR)
Cartões Amarelos: Édson Silva (FIG); Danilo, Ralf (COR)

Gol: Liedson, aos 22 minutos do 1º tempo

FIGUEIRENSE: Wilson; Bruno, Roger Carvalho, Édson Silva e Juninho; Ygor (Jônatas), Coutinho, Maicon e Fernandes (Aloísio); Wellington Nem e Júlio César (Rhayner). Técnico: Jorginho.

CORINTHIANS: Julio Cesar, Alessandro, Paulo André, Leandro Castán e Fábio Santos; Paulinho, Ralf e Danilo (Jorge Henrique); Emerson (Edenílson), Willian (Alex) e Liedson. Técnico: Tite.

Leia tudo sobre: brasileirão 2011corinthiansfigueirense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG