Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians espera revisão da Fifa para avaliar novos custos de estádio

Futuro estádio do clube, no bairro de Itaquera, em São Paulo, foi confirmado como sede da abertura da Copa do Mundo 2014

Gazeta Esportiva |

A diretoria do Corinthians se manifestou através de uma nota oficial sobre a indicação de seu futuro estádio, em Itaquera, como sede do jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014. O projeto inicial do clube previa a construção de uma arena com capacidade para receber 48 mil torcedores, mas o local precisará ser ampliado e contar com novo aporte financeiro por causa do Mundial.

De acordo com o Corinthians, o problema financeiro só será abordado depois que a Fifa der um parecer sobre o pré-projeto feito para o estádio abrigar agora 65 mil torcedores, como a entidade exige para a abertura da Copa. Especula-se que a mudança gerará um aumento de custos em torno de R$ 200 milhões - a construtora Odebrecht pode obter financiamento de até R$ 400 milhões no BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para cumprir com o planejamento inicial da arena.

Confira o comunicado divulgado pelo Corinthians:

"A diretoria do Sport Club Corinthians Paulista agradece ao Comitê Organizador Local pela indicação do seu futuro estádio de Itaquera como a sede da abertura da Copa do Mundo de 2014.

Já há um pré-projeto para 65 mil expectadores em analise pelos órgãos competentes locais e nacionais. Só após a revisão e aprovação pela própria Fifa ele poderá ser definitivamente detalhado; e seus custos, e necessidades de financiamento, equacionados. Na sequência lógica, o foco das atenções concentra-se na adequação do projeto às exigências da abertura e aprovação nos órgãos locais para posterior concentração nos detalhes financeiros.

A previsão do inicio da obras é para março do próximo ano e sua conclusão deverá ocorrer no último trimestre de 2013, sempre sujeito à velocidade de aprovação do projeto".

Leia tudo sobre: copa 2014corinthiansfutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG