Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians envia diretor a BH e pode aumentar oferta por Montillo

Duílio M. Alves tentará negociar liberação do meia e gerente diz que "tudo pode acontecer"

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O Corinthians tentará bater o martelo definitivo a respeito da novela que se transformou a negociação de Montillo, do Cruzeiro. O clube enviará o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves para Belo Horizonte com o objetivo de reunir-se com dirigentes cruzeirenses e até aumentar a oferta que o clube fez ao Cruzeiro. O clube paulista pretende chegar ao fim de semana com uma decisão a respeito do assunto seja ela favorável ou não.

Vipcomm
"Novela" Montillo tem capítulo importante nesta quinta

“Tem que haver uma reunião. O caso está indefinido e precisa ter um encaminhamento. Estamos animados pelo que o agente dele (Sergio Irigoitia) declarou. Ele quer jogar uma Libertadores e o nosso diretor de futebol, Duílio Monteiro Alves, vai encabeçar as negociações em Belo Horizonte”, disse Edu Gaspar, gerente de futebol corintiano.

O Corinthians fez uma oferta de 10 milhões de euros por Montillo e acredita que ela será suficiente para o Cruzeiro liberar o jogador apesar das declarações recentes da diretoria mineira de que o argentino não será negociado por menos de 15 milhões de euros, cerca de R$ 36 milhões.

“A partir do momento que se senta numa mesa para se negociar, tudo pode acontecer. Esses são os nossos valores e vale a pena ir um representante nosso tentar achar uma saída melhor pra essa negociação. Estou torcendo que conversando essa negociação possa sair pelos mesmos valores”, disse o gerente corintiano, sem negar que poderia aumentar o valor oferecido.

O presidente em exercício do Corinthians, Roberto de Andrade, declarou na terça-feira, que o valor oferecido ao Cruzeiro por Montillo é justo . "O Corinthians achou o valor ofertado justo, eles já falam que não são os 15 milhões exigidos, até porque o jogador não vale este valor. Se eu pagar oito é oito que ele vale", disse Andrade. "Eu não gosto de falar de valores porque a negociação não está findada", completou o presidente, deixando no ar a possibilidade de que a negociação pode tomar novo rumo.

Leia tudo sobre: corinthianscruzeiromontillomercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG