Tamanho do texto

Douglas não esperou nem o cronômetro marcar um minuto para balançar a rede na fácil vitória da equipe paulista

O Corinthians fez sua parte para que um dos confrontos mais aguardados nesta Copa São Paulo de Futebol Júnior aconteça. Ao bater o América-MG por 2 a 0 em Jaguariúna, o time se garantiu seminal da competição, onde pode encontrar o Palmeiras caso o maior rival vença o Atlético-PR na noite desta quinta-feira.

Leia também: Cartola não atendeu Corinthians pois não tinha número do celular

Dono da melhor campanha na primeira fase da Copinha, o Corinthians não teve dificuldades para bater o time mineiro, que nem de longe se assemelhou ao time que conquistou o Campeonato Brasileiro Sub 20. Matheuzinho e Leandro foram os responsáveis por balançar as redes e garantir a vitória corintiana.

O jogo
Principal destaque do Corinthians até aqui, Douglas não esperou nem o cronômetro marcar um minuto para balançar a rede. No entanto, a arbitragem invalidou o chute cruzado no canto direito de Pedro, alegando posição irregular do camisa 9.

Veja ainda: Uniforme três do Corinthians é eleito o mais bonito de 2011

O atacante corintiano ainda assustou ao mandar uma bola rente ao travessão de Pedro pouco depois. Mas foi em um lance envolvendo uma atrapalhada de Douglas que saiu o gol do Corinthians. Aos quatro minutos, Jean Pierre errou a saída de bola e perdeu para Leonardo, que cruzou rasteiro. O camisa 9 furou e então Matheuzinho apareceu para mandar no fundo da rede.

O Corinthians seguiu dominando o jogo. Com um toque de bola envolvente, a equipe comandada por Narciso abafava o time do América-MG e era dona das principais chances do duelo. O placar quase foi ampliado quando Denner mandou uma bomba no ângulo esquerdo de Pedro, porém a bola carimbou o travessão.

O goleiro Matheus Caldeira, que voltava à equipe após ter deixado o jogo contra o Primeira Camisa alegando dores na perna, trabalhou pela primeira vez aos 45 minutos. Na entrada da área, Assis deu um drible na vaca em Douglas e chutou cruzado, com força, no ângulo esquerdo do goleiro, que saltou para afastar o perigo.

Três minutos depois do intervalo, o Corinthians levou seu segundo susto na partida. Em cobrança de falta para a área alvinegra, Antonio Carlos desviou contra a própria meta e viu a bola explodir no travessão. O zagueiro teve a possibilidade de se redimir 25 minutos mais tarde, mas Pedro fez grande defesa e impediu o segundo gol do time paulista.

Pouco antes do lance, Douglas deixou o gramado do Alfredo Chiavegato aparentando cansaço. Seu substituto, no entanto, não deixou a desejar. Leandro aproveitou passe preciso de Matheuzinho e chutou na saída do goleiro para ampliar a vantagem e selar a classificação corintiana.