Pedras foram arremessadas contra o ônibus do Corinthians, que conta com Fábio Santos. Atacante são-paulino chega "à paisana"

Ônibus do Corinthians chega ao Morumbi
Gazeta Press
Ônibus do Corinthians chega ao Morumbi
O Corinthians já está no Morumbi para o jogo contra o São Paulo . E chegou sob pedras, e com uma novidade.

Acompanhe o Tempo Real do clássico entre São Paulo e Corinthians

No ônibus que trouxe o elenco, recebido com latas de cervejas e pedradas pela maioria são-paulina que estava na praça Roberto Gomes Pedrosa, estava o lateral-esquerdo Fábio Santos, fora de combate desde 10 de agosto, quando fraturou a clavícula esquerda.

A delegação São Paulo chegou logo depois do Corinthians ao Morumbi. Luís Fabiano estava com a delegação, mas não usava uniforme. Trajava um agasalho e calça jeans. Ele assistirá ao jogo no estádio, mas não vai para o jogo. Denílson, gripado, também está fora do jogo.

Já o lateral corintiano não fez nenhum treinamento coletivo com o grupo desde a cirurgia, mas a saída de Chicão e a contusão de Ramon, seu substituto, fizeram o departamento médico apressar seu retorno, previsto inicialmente para o início de outubro, no jogo contra o Vasco, dia 2, em São Januário.
Tite já decidiu que sua linha de defesa será formada por Alessandro, Wallace, Paulo André e Leandro Castán, improvisado na lateral-esquerda. Desta forma, Fábio Santos se torna opção no banco caso a partida exija mudanças no setor por parte de Tite.

Sobre as pedras e latas que foram arremessadas contra o ônibus, Edu Gaspar, gerente de futebol corintiano, disse que o fato não abalou o grupo. "Já sabíamos que isso iria acontecer. Não nos abalou. Aqui é assim mesmo", disse, na chegada da delegação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.