Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians desiste da contratação do atacante Marcelo Moreno

Shakhtar Donetsk pediu R$ 15 milhões pelo boliviano e afastou intermediário corintiano das negociações

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O Corinthians não vai prosseguir com as negociações para contratar o atacante Marcelo Moreno, de 23 anos, do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. O clube paulista contratou um empresário para intermediar a negociação e ele apresentou o interesse aos ucranianos. Mas, ao saber da pedida feita pelo clube do leste europeu, o empresário, que pede para não ser identificado, se afastou.

“Pediram 7 milhões de euros (R$ 15,6 milhões) ao Cruzeiro, que foi o primeiro time que procurou o Shakhtar no começo de janeiro. Imagina quanto pediriam ao Corinthians, que é visto como um time que pode gastar mais lá fora...”, disse o empresário, que tem bom relacionamento com os diretores corintianos.

undefined
Marcelo Moreno, atacante do Shakhtar Donetsk

O Corinthians, por sua vez, nega que esteja negociando com o jogador boliviano. Roberto de Andrade, diretor de futebol do clube, disse que a diretoria corintiana nunca iniciou conversas para trazer o jogador.

“Quanto ao Marcelo Moreno não existe nada. Vi nos jornais que o pai do atleta disse que conversou com o Corinthians. Não sei com quem pode ter conversado. Não foi cogitado o nome dele”, disse Andrade, em entrevista à “Rádio Jovem Pan”.

O Corinthians ofereceu o mesmo valor pedido pelo Shakhtar por Marcelo Moreno para tirar Luís Fabiano do Sevilla: 7 milhões de euros. “Com todo respeito ao Marcelo, mas não dá para pagar por ele o mesmo que se pagaria pelo Luís Fabiano. Vi que o Shakhtar pediria mais de 10, 11 milhões de euros. Com esses valores fica praticamente impossível fazer negócio”, disse o empresário.

O Corinthians está à caça de um centroavante que jogue ao lado ou reveze com Ronaldo no ataque do time. Adriano e Luís Fabiano já foram procurados, mas, assim como aconteceu com Marcelo Moreno, eles têm longos vínculos com seus clubes, que só aceitariam liberá-los por um alto valor.

“Continuamos conversando em busca de um atleta. Estamos fazendo com calma para trazer o nome certo”, disse Andrade, que nega interesse em Alecsandro, atacante do Internacional. “Não foi cogitado o nome dele. Alecsandro, irmão do Richarlyson, também não”.

Leia tudo sobre: corinthiansmarcelo morenomercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG