Time treina nesta terça em San Cristóbal sem Adriano, Cássio, Paulo André e Ramírez, que ficaram em São Paulo

Adriano ficou em São Paulo
AE
Adriano ficou em São Paulo
Após uma viagem que durou cerca de 8h, a delegação do Corinthians já está em San Cristóbal, onde nesta quarta-feira a equipe fará sua estreia na fase de grupos da Libertadores contra o Deportivo Táchira, às 22h (de Brasília). Tite levou 21 jogadores para a Venezuela. Entre os inscritos, quatro atletas ficaram em São Paulo.

Infográfico: Veja a linha do tempo com a história do Corinthians na Libertadores

Adriano treinará no CT do Parque Ecológico para estar apto para o jogo contra o São Caetano, sábado, pela 8ª rodada do Campeonato Paulista. Cássio, terceiro goleiro, também não viajou. Paulo André, ainda em recuperação de artroscopia no joelho direito, também ficou em São Paulo para continuar seu tratamento. Já Ramírez está suspenso. Ele cumpre um jogo pela expulsão na partida de volta contra o Tolima, na Libertadores de 2011.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Devido à longa viagem, que teve até um trecho feito de ônibus entre Santo Domingo e San Cristóbal, os jogadores tiveram a manhã para descansar no hotel onde a delegação está hospedada. Está marcado um treino para o fim do dia no local do jogo, no Estádio Pueblo Nuevo. Será a única atividade na Venezuela antes da partida. 

Leia também: "Trio de ferro" corintiano é base para bom início na Libertadores

O Corinthians participa da sua 10ª edição da Libertadores e sonha com seu primeiro titulo. Esta é a terceira participação seguida e os dirigentes do clube acreditam que a familiaridade que os jogadores vem tendo com a competição diminui a ansiedade. Entre os titulares, todos já disputaram a competição. Alex e Danilo são únicos campeões. O primeiro venceu com o Internacional, em 2006. Danilo foi campeão pelo São Paulo, em 2005.

Os 21 jogadores do Corinthians que estão na Venezuela são: Julio Cesar e Danilo Fernandes; Alessandro, Fábio Santos, Welder e Ramon; Chicão, Leandro Castán e Wallace; Ralf, Paulinho e Edenílson; Alex, Danilo e Douglas; Liedson, Emerson, Elton, Jorge Henrique, Willian e Gilsinho. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.