Nei colocou os gaúchos na frente. Alex empatou o jogo em cobrança de falta e definiu o placar de 1 a 1

null

O Inter teve tudo pra repetir o filme. Vencia o Corinthians por 1 a 0 quase até o fim do jogo, mas um gol de falta de Alex acabou definindo o placar de 1 a 1. Há duas semanas, o time gaúcho havia vencido o Vasco e tirado os cariocas do primeiro lugar. O Corinthians até perdeu o posto, mas o resultado não foi o esperado pelos donos da casa. Nei havia aberto o placar para o Inter e feito 1 a 0.

Confira como está a classificação do Brasileirão

Inter e Corinthians jogaram no Beira-Rio
Futura Press
Inter e Corinthians jogaram no Beira-Rio

O calor de 33ºC era uma preocupação para os dois times. O Corinthians começou o jogo apertando a saída de bola do Inter e mantendo muita posse de bola. Porém, sem criar chances claras de gol. O Inter cresceu no jogo a partir dos 20 minutos O centroavante Jô acabou perdendo as duas melhores oportunidades de gol.

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

Mesmo com vantagem numérica, o Inter não conseguiu fazer pressão nos primeiros 20 minutos do segundo tempo. O lance de do gol acabou quebrando a eficiência defensiva do Corinthians. Um cruzamento perfeito de Kléber achou a cabeça de Nei: 1 a 0.  Quando o Inter tinha o jogo sob controle, Alex acertou bela cobrança de falta e acabou fazendo 1 a 1.

"Desempenho foi melhor que o resultado", diz Tite

O Inter ficou na 7ª posição, com 48 pontos. O Corinthians parou nos 55 e agora é 2º colocado. No próximo domingo, os paulistas recebem o Avaí, 16h, no Pacaembu. Os gaúchos, no mesmo dia, vão ao Serra Dourada, 18h, enfrentar o Atlético-GO.


O Jogo:
O Corinthians começou o jogo com muita posse de bola, irritando o torcedor do Inter. Mas foi o dono da casa que criou a primeira grande oportunidade. Aos 12 minutos, saiu uma boa tabela, Andrezinho cruzou, mas Oscar errou o chute, perdendo ótima chance . A primeira finalização do Corinthians foi aos 18: Alex cobrou falta e Paulinho cabeceou nas mãos de Muriel.

Aos 26, o Inter fez outra tabela pela direita. Andrezinho chutou alto. Aos 27, Jô perdeu chance claríssima . O lançamento de Bolatti deixou o camisa nove na cara do gol, ele chegou a tirar a bola do goleiro Julio Cesar, mas o chute foi fraco, cortado pela zaga. A jogada foi repetida aos 30: Bolatti tocou para Jô. O centroavante chutou no corpo do goleiro.

Aos 32, um chute de Andrezinho assustou o goleiro Julio Cesar. Aos 33, William chutou cruzado e Liedson furou em bola. Boa chance perdida pelo Corinthians . A tarefa do Corinthians ficou complicada aos 40 minutos. Alessandro deu uma forte pegada em Andrezinho e acabou expulso .

O Corinthians quase abriu o placar aos nove minutos do segundo tempo. Danilo cabeceou o cruzamento de Paulinho. Muriel pegou firme. O Inter conseguiu sair na frente aos 21 minutos . Kléber cruzou, Nei se atirou de peixinho, a bola beijou a trave e morreu no fundo do gol: 1 a 0.  

Leia também: Alex complica sonho do Internacional, mas não comemora gol

O Corinthians, que retardava o jogo quando a partida estava 0 a 0, passou a ter pressa. O Inter soube contornar bem o jogo. D´Alessandro ainda foi expulso no final do jogo. Quando tudo se encaminhava, Alex acertou uma bela cobrança de falta e definiu o placar de 1 a 1.

Entre para a Torcida Virtual do seu time e comente Inter x Corinthians

FICHA TÉCNICA - INTERNACIONAL 1 X 1 CORINTHIANS
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 23 de outubro de 2011, no domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)
Auxiliares: Roberto Braatz (PR) e Erich Bandeira (PE).
Cartão amarelo: D´Alessandro, Rodrigo Moledo, Nei, Andrezinho (Internacional); Paulinho (Corinthians)
Cartão vermelho: D´Alessandro (Internacional), Alessandro (Corinthians)

GOLS:
Internacional: Nei, aos 21 minutos do segundo tempo.
Corinthians: Alex, aos 44 minutos do segundo tempo.

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Juan e Kléber; Bolatti (João Paulo), Guiñazu, Andrezinho (Tinga), Oscar (Ilsinho) e D´Alessandro; Jô.
Técnico: Dorival Júnior.

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Paulo André, Leandro Castán e Fábio Santos; Paulinho, Ralf, Danilo (Edenílson) e Alex; Willian (Weldinho) e Liedson (Jorge Henrique).
Técnico:
Tite. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.