Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians bate o São Paulo e ganha motivação extra para a Libertadores

Equipe alvinegra triunfou no sufoco e manteve tabu contra o rival no estádio do Pacaembu

Francisco De Laurentiis, iG São Paulo |

A três dias de sua estreia na Copa Libertadores 2012 , o Corinthians ganhou motivação extra para o jogo contra o Deportivo Táchira-VEN: na tarde deste domingo, no Pacaembu, o time alvinegro venceu o rival São Paulo por 1 a 0, em partida válida pela 7ª rodada do Paulistão . O meia Danilo , de cabeça, marcou no primeiro tempo o único gol da partida, que ainda teve um pênalti desperdiçado pelo tricolor Jádson , em tarde pouco inspirada. O time do Parque São Jorge também manteve seu tabu contra a equipe do Morumbi: já são seis vitórias consecutivas em clássicos realizados no estádio municipal.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Gazeta Press
Danilo celebra seu tento com a torcida
Com o resultado, a equipe do técnico Tite empatou em 17 pontos  com o Palmeiras na tabela do Paulista, mas fica na 2ª colocação devido ao saldo de gols (seis, contra oito do time alviverde). O São Paulo, por sua vez, estacionou nos 14 caiu para a 4ª colocação, já que foi ultrapassado pelo Guarani , com 16.

Confira a classificação atualizada do Campeonato Paulista

Na próxima rodada do Paulistão, o Corinthians visita o São Caetano , no Anacleto Campanella, às 16h20 (horário de Brasília) do sábado de Carnaval. Antes disso, porém, faz sua estreia na Copa Libertadores 2012, contra o Deportivo Táchira-VEN, fora de casa, quarta-feira, às 22h. Já o São Paulo joga na quinta-feira pelo Estadual. A equipe tricolor recebe o Paulista, no Morumbi, às 19h30.

POLÊMICA: Para são-paulinos, equipe "caiu na provocação" do Corinthians

O jogo
A partida começou faltosa, com o árbitro Raphael Claus paralisando o duelo após qualquer trombada ou dividida mais forte. Logo de cara, dois cartões amarelos, para o são-paulinos Wellington e Cícero . O time tricolor centralizava seus passes para o centroavante Willian José , enquanto o Corinthians respondia com Jorge Henrique pela esquerda. Aos 11min, o ponta trocou fez boa tabela para Fábio Santos , que chutou forte, mas Dênis salvou o São Paulo. A chuva forte, porém, truncou o jogo, que ficou sem chances claras até os 21min. Foi aí que apareceu Danilo , cabeceando escanteio cobrado por Jorge Henrique e abrindo o placar para o Corinthians.

RESPOSTA: Tite nega catimba de Jorge Henrique e exalta vitória sobre o rival

A equipe tricolor tratou de correr atrás do empate, mas o meia-atacante Lucas , bem marcado, pouco produzia. Aos 30min, no entanto, ele foi derrubado no bico da grande área. O cruzamento saiu venenoso, mas nenhum são-paulino conseguiu colocar para dentro. Pouco depois, Cícero arrancou desde o campo de defesa e entregou a Lucas, que bateu rasteiro, com perigo. Aí veio a resposta corinthiana: Fábio Santos invadiu a área e tentou chute cruzado. Dênis defendeu como pode, mas a bola ficou passeando pela pequena área. Sem ninguém para empurrar, Cortez isolou pela lateral.

iG ANTECIPOU: Com Adriano, Corinthians divulga a lista da Copa Libertadores

Quando o primeiro tempo parecia que ia se encerrar sem outras emoções, Jádson cobrou falta, Rhodolfo cabeceou firme e Ralf salvou em cima da linha. Enquanto vibrava, o volante viu Cortez ser derrubado por Alessandro na área: pênalti. O camisa 10 são-paulino teve a chance de empatar, mas bateu mal, por cima do gol. Na resposta, cruzamento corinthiano na área rival e Danilo por pouco não marcou seu segundo. O camisa 10 cabeceou e a bola beliscou a trave de Dênis antes de sair. Com os torcedores roendo as unhas de tanta tensão, a partida foi para o intervalo com o time alvinegro na frente.

MESMO COM DERROTA: Leão elogia postura do time com 10 atletas: "Fizemos uma fumaça"

Gazeta Press
Jádson perdeu pênalti e teve tarde apagada
A segunda etapa também começou faltosa, com as equipes tendo dificuldades para chegar à meta do rival. O Corinthians só conseguiu assustar aos 7min, quando Elton por pouco não marcou de cabeça. O São Paulo respondeu com Casemiro , batendo rasteiro da entrada da área, para defesa de Júlio César . Para buscar o resultado, o técnico Emerson Leão fez três trocas de uma vez: Fernandinho por Jádson, Osvaldo por Willian José e Maicon por Casemiro. Mas ele não contava com o cartão vermelho que o zagueiro/lateral João Filipe tomaria logo em seguida, complicando seu esquema.

IMPERADOR: Tite vê Adriano bem fisicamente e diz que confinamento foi decisivo

Aproveitando os espaços, o time alvinegro por pouco não ampliou após boa jogada de Alessandro. O lateral entrou na área e cruzou rasteiro, mas Jorge Henrique chegou atrasado. Mas os tricolores não iam desistir tão cedo:aos 30min, a bola sobrou para Fernandinho, que encheu o pé, para boa espalmada de Júlio César. A torcida do Corinthians ainda viu a reestreia do meia Douglas , que entrou no lugar de Danilo, bastante aplaudido. Com a vantagem no placar, o time do Parque São Jorge seguiu afastando o perigo da área e segurou o 1 a 0 suado para venceu o clássico e chegar com tudo na estreia da Libertadores, nesta quarta-feira.

FICHA TÉCNICA – Corinthians 1 x 0 São Paulo
Campeonato Paulista - 7ª rodada
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo-SP
Data: 12 de fevereiro de 2012, domingo
Horário: 17h (horário de Brasília)
Público: 27.776 torcedores
Renda: R$ 786.728,00
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Vicente Romano Neto
Cartões amarelos: Paulinho e Alessandro (COR); Wellington, Cícero e Paulo Miranda (SPO)
Cartões vermelhos: João Filipe (SPO)

GOLS:
CORINTHIANS: Danilo, aos 21 minutos do primeiro tempo

CORINTHIANS: Júlio César; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Danilo (Douglas); Willian (Gilsinho), Elton e Jorge Henrique Técnico: Tite

SÃO PAULO: Dênis; João Filipe, Rhodolfo, Paulo Miranda e Cortez; Wellington, Casemiro (Maicon), Cícero e Jádson (Fernandinho); Lucas e Willian José (Osvaldo) Técnico: Emerson Leão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG